Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, IX Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
Bioprospecção de linhagens bacterianas em ambientes aquáticos contaminados por pesticidas com vistas à aplicação em processos biotecnológicos
Paula Marques Ofugi

Última alteração: 30-09-17

Resumo


Os contaminantes orgânicos, como os pesticidas, geralmente podem afetar a estrutura da comunidade bacteriana. A biodegradação se caracteriza por ser um processo de remoção dominante para muitos contaminantes orgânicos no ambiente aquático, sendo a biorremediação a aceleração desse processo de biodegradação e por isso pode estar limitada à disponibilidade de nutrientes, umidade, temperatura, pH, concentração de minerais, potencial redox, natureza do contaminante e as características físicas e químicas dos ambientes contaminados. Em ambientes aquáticos e em sedimentos que estejam próximos a regiões com influência agrícola existe a possibilidade de serem encontradas espécies que resistam à contaminação por pesticidas, bem como sejam capazes de degradar esses compostos a substâncias menos nocivas. O objetivo deste estudo é realizar uma bioprospecção em pontos distintos em um corpo d’água próximo a áreas agrícolas, com potencial contaminação por pesticidas, em períodos de chuva e estiagem, com o objetivo de submeter as linhagens bacterianas encontradas nas amostras em testes de degradação em laboratório. A biodegradação pelas linhagens isoladas será testada a princípio em meios de cultivo com diferentes pHs (5, 7 e 9) e após a determinação do pH mais favorável ao processo de biodegradação, serão testados os isolados em meios de cultivos contendo tratamentos com diferentes concentrações do pesticida. Espera-se deste estudo que nos pontos determinados para a coleta das amostras sejam encontradas linhagens de bactérias com potencial para degradação dos pesticidas escolhidos. Como a amostragem microbiológica será realizada em dois períodos distintos, cheia e estiagem, existe a possibilidade de ocorrer uma variação de espécies no ecossistema aquático devido às variações nas características do corpo hídrico nesses dois períodos.