Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
Avaliação na educação infantil: Propostas das políticas educacionais e suas interpretações na prática docente
Dineuza Conceição Conceição de Souza Silva

Última alteração: 19-09-19

Resumo


Resumo: Trata-se o presente texto de estudos parciais, resultantes de uma pesquisa vinculada ao Grupo de Pesquisa Políticas Públicas Educacionais do Programa de Pós-Graduação em Educação, do ICHS/CUR/UFMT, na linha de pesquisa: “Formação de Professores e Políticas Públicas Educacionais”, cujo tema é a avaliação na educação infantil, com foco nas políticas educacionais e na prática docente. O objetivo principal do estudo foi analisar os significados de avaliação propostos nas políticas educacionais para a educação infantil e a sua relação com as interpretações na prática docente. Assim, propôs-se a refletir sobre os significados de avaliação do desenvolvimento integral da criança propostos nos documentos oficiais e as suas interpretações no contexto da prática. A abordagem é qualitativa com base metodológica no Ciclo de Políticas, que tem sua origem nos estudos de Stephen Ball e Richard Bowe, pesquisadores ingleses na área de análise de políticas educacionais. Foi evidenciado, nos dados obtidos, que avaliar a criança na educação infantil exige um olhar crítico e acolhedor que perceba a criança como parte principal no processo educativo, o que demonstra que a avaliação precisa ser compreendida como um processo que engloba todas as ações na instituição educativa.


Palavras-chave


Avaliação na educação infantil, Políticas educacionais, Prática docente.