Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
APLICAÇÃO DE TESTE SUBSTANTIVO EM DADOS DE SISTEMAS DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO NA BACIA DO RIO VERMELHO
Bianca Harumi Yamaguti Garcia, Domingos Sávio Barbosa

Última alteração: 23-09-19

Resumo


As redes de infraestruturas para esgotamento sanitário com baixa cobertura de esgoto, Estações de Tratamento de Esgotos operando em condições insalubres e a gestão inadequada de resíduos tornam a análise de bacias urbanas complexas. A pesquisa tem como objetivo a resolução da hipótese em que a população urbana total possui uma correlação com as variáveis de importância relevante para a avaliação de um sistema de esgotamento sanitário, como dados brutos e indicadores. O objeto de estudo, é a Bacia do Rio Vermelho, que agrega o sul do estado do Mato Grosso. A metodologia consiste na resolução da hipótese em forma de um teste substantivo, ferramenta amplamente utilizada em processos de auditoria, seguindo as diretrizes da NBC TI 01 e NBC PI 01 (2012), onde a estruturação é apresentada em forma de revisão analítica. Para a validação do teste, foram utilizadas artifícios da estatística para resolução da hipótese. Ao final da pesquisa, foram elaborados escores para determinar as prováveis incoerências encontradas ao decorrer da rotina estatística, onde os resultados encontrados, denominadas evidências pela auditoria, foram divididos entre conformidades e não conformidades, sendo apontadas para os indicadores a maior parte das supostas inconsistências localizadas pela pesquisa.

Palavras-chave


SNIS, PMSB, Estatística, Bacias Hidrográficas