Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
Professores iniciantes no exercício da coordenação pedagógica no município de Rondonópolis: desafios da profissão
Andréia Cristiane de Oliveira

Última alteração: 19-09-19

Resumo


A presente pesquisa está vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Educação do Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal de Mato Grosso – Câmpus Universitário de Rondonópolis (PPGEdu/UFMT/CUR), na linha de pesquisa Formação de Professores e Políticas Públicas Educacionais. Está inserida no grupo de pesquisa InvestigAção, ao qual o Observatório da Educação (OBEDUC) estava vinculado até 2017, permanecendo, no entanto, suas ações de formação em que participam professoras iniciantes e experientes da rede pública, graduandas de Pedagogia e alunos do Mestrado em Educação PPGEdu/UFMT. Nesse cenário, a pesquisa tenciona investigar os dilemas e desafios enfrentados por professores iniciantes que atuam na coordenação pedagógica das escolas das redes municipal e estadual do município de Rondonópolis, e em que medida a formação continuada ofertada pelas referidas redes fornece subsídios para sua atuação. Nesta perspectiva, foram elencados os seguintes objetivos: Mapear o quantitativo de professores iniciantes atuando na coordenação pedagógica, identificando quantos se encontram nesta condição, que formação apresentam para o desempenho desta função, observando ainda se o tempo no magistério lhes favorece o desenvolvimento das atividades de coordenadores pedagógicos.  Para tanto, apontei como questões da pesquisa: O que apontam os novos coordenadores sobre que são saberes necessários para o exercício da coordenação pedagógica? Que formação subsidia o professor iniciante para enfrentar dilemas e desafios de uma orientação pedagógica multidisciplinar? A pesquisa está ancorada na abordagem qualitativa, tendo como metodologia o estudo de caso. Foram selecionados para a presente investigação cinco coordenadores pedagógicos que atuam na educação básica das redes municipal e estadual do município de Rondonópolis, e que se encontram na condição de professores iniciantes, considerando-se os primeiros cinco anos da docência. Como procedimentos e instrumentos para coleta de dados foram adotadas a análise documental, as entrevistas narrativas e a observação dos momentos formativos dos quais participaram os coordenadores pedagógicos selecionados para a pesquisa. Os dados foram analisados a partir de três eixos: saberes necessários à função de coordenadores pedagógicos; condições para desenvolver a coordenação; dilemas e desafios da coordenação pedagógica. Nos levantamentos iniciais foi possível identificar que a incidência de professores iniciantes na coordenação pedagógica é maior na rede municipal. Como resultados preliminares, evidencia-se que a formação ofertada pelas redes públicas de ensino à estes coordenadores não tem atendido suas necessidades formativas, devido principalmente à fatores como a metodologia da proposta formativa, as temáticas abordadas e a desarticulação com as práticas desenvolvidas pelos coordenadores nas unidades escolares.


Palavras-chave


Professores Iniciantes, Coordenação Pedagógica, Formação Continuada.