Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
INTERCRUZANDO OS SABERES E O CONHECIMENTO NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS
Ana Iara Dalla Rosa

Última alteração: 19-09-19

Resumo


Este estudo tem como temática a alfabetização e o letramento na Educação de Jovens e Adultos e está vinculado ao Grupo de Pesquisa Alfabetização e Letramento Escolar (ALFALE), do Programa de Pós-Graduação do Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal de Rondonópolis, na linha de pesquisa Linguagens, Culturas e Construção do Conhecimento: perspectivas históricas e contemporâneas. Sendo assim, o presente trabalho parte das constantes indagações sobre os desafios nos processos de aprendizagem, principalmente no que tange à alfabetização. A Educação de Jovens e Adultos (EJA), que é uma modalidade com suas especificidades e desafios, comporta alunos não alfabetizados, bem como aqueles com baixo nível de escolaridade, resultado do abandono escolar sem a devida conclusão dos estudos, seja por motivos sociais, econômicos ou outros fatores pessoais. Diante do exposto, a presente pesquisa tem como objetivo geral identificar, por meio dos relatos de vida dos alunos da EJA, indícios para a elucidação dos processos vividos por esses participantes durante a aquisição da leitura e da escrita. Compõem os objetivos específicos: buscar compreender, por meio das narrativas pessoais, quais os elementos que impactaram numa alfabetização tardia; analisar as atividades constantes nos cadernos individuais utilizados durante as aulas de língua portuguesa na EJA, de modo a identificar possíveis relações entre os fatos da vida e a construção do conhecimento linguístico, e, ainda, utilizando-se dos materiais de análise instituídos para essa pesquisa, levantar hipóteses que contribuam na elucidação de como ocorre o processo de aquisição da leitura e da escrita nesse grupo específico da EJA, considerando as variáveis idade e história de vida. Este estudo é desenvolvido em uma sala de EJA da Escola Municipal Arão Gomes Bezerra, anexa ao espaço da CODER e desenvolve suas atividades no período noturno. A particularidade dessa turma de EJA é de ser composta somente por adultos que tardiamente buscam a escola para adquirir a habilidade da escrita e da leitura. É importante refletir sobre a alfabetização e o letramento desses adultos a partir de uma perspectiva sociocultural, sem preterir aspectos pessoais, pois eles interferem no processo de aquisição do Sistema de Escrita Alfabética (SEA) e são determinantes na permanência ou na evasão escolar.  Inserida na abordagem qualitativa, a presente pesquisa tem como processo metodológico a observação, entrevistas semiestruturadas gravadas com smartphone e transcritas posteriormente, a análise dos cadernos dos alunos contendo as atividades do primeiro e do segundo semestre de 2019 e o caderno de campo da pesquisadora. Estudar a EJA sem transcurar as experiências vividas por esses alunos adultos é olhar a aprendizagem além dos métodos e das práticas. Nesse sentido, o resultado dessa pesquisa pautado nas observações, nos estudos teóricos, nas atividades desenvolvidas pelos alunos, na escuta dos relatos de vida desse grupo e na interpretação dos fatos, por parte da pesquisadora, ainda está em processo de construção.


Palavras-chave


Educação de Jovens e Adultos, Aquisição da Leitura e da Escrita, Relatos de Vida.