Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
A escola inclusiva e os quatro pilares da educação
Naiara de Oliveira Basilio Lopes, Naiara de Oliveira Basilio Lopes

Última alteração: 19-09-19

Resumo


O presente projeto é decorrente da minha pesquisa de mestrado, onde se estuda a Inclusão de Crianças com Autismo nas Escolas de Ensino Regular de Rondonópolis e será desenvolvido após a finalização da pesquisa em campo na escola EMEF José Antônio da Silva. O projeto tem por tema “A escola inclusiva e os quatro pilares da educação”, e traz discussões acerca da construção dessa escola, que é formada por professores, gestores da educação, pais e alunos, ou seja, a comunidade escolar. Também traz reflexões acerca da forma que o ensino/aprendizagem é trabalhado com os educandos com deficiência e típicos na sala de ensino regular. Partindo da ideia de que a escola inclusiva é aquela que acolhe todos os tipos de alunos, uma vez que a inclusão não se direciona apenas aos alunos deficientes, mas também para os considerados típicos, esse projeto tem por objetivo analisar os diversos momentos que ocorrem na escola e que favorecem para o desenvolvimento do respeito e convivência junto às diferenças e experiências. Entendendo que o modelo inclusivo dentro das escolas ainda é um desafio para a educação, uma vez que caminha em fase de implementação, busca-se também analisar, por meio de estudos bibliográficos pautados em autores participantes da escola de Frankfurt, como Theodor Adorno e Walter Benjamin, e com observação participante na EMEF José Antônio da Silva, no município de Rondonópolis – MT, a maneira que essa escola tem desenvolvido a inclusão. Ao analisar os quatro pilares da educação, trazidos pelo relatório da Unesco e redigido pela Comissão Internacional sobre Educação para o Século XXI, pode-se elencar os seguintes: Aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a viver juntos e aprender a ser. A escola, adequando e organizando o seu espaço, bem como o seu modelo de educação pautados nesses quatro pilares, consegue promover a garantia do ensino para os seus alunos típicos e com deficiências dentro de um caminho cheio de possibilidades de desenvolvimento, identificando-se, assim, como uma escola inclusiva. Uma vez que consegue desenvolver nos educandos o prazer na aprendizagem, a convivência junto à diferença, fazendo com esses alunos desenvolvam-se como seres humanos autônomos e com pensamento crítico. Nesse sentido, é imprescindível a utilização de meios diferenciados como professores tendo auxílios em capacitação para identificar e trabalhar com as diferenças, como a formação continuada; adaptações físicas do ambiente escolar; incentivo à interação entre todos os alunos; sala de recursos, bem como o apoio de cuidadores/estagiários/intérpretes dentro de sala de aula.


Palavras-chave


Autismo. inclusão. pilares da educação