Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
Avaliação do modelo AquaCrop para simulação da produtividade do algodoeiro fertirrigado por gotejamento no cerrado mato-grossense
Werlen de Souza Fernandes

Última alteração: 20-09-19

Resumo


O Brasil encontra-se em uma posição de destaque entre os maiores produtores de algodão de sequeiro do mundo. O seu cultivo pode ser feito na safra principal ou em segunda safra, normalmente após a soja precoce. Neste último caso, a planta estará sujeita ao estresse hídrico que será tanto maior quanto mais tardio for o plantio. Esse stress hídrico é um fator limitante tanto para o crescimento quanto para produtividade das culturas. Prever a quebra da produtividade em função do estresse hídrico é algo difícil de ser mensurado, sendo sempre necessário recorrer a modelos matemáticos. Assim sendo, a FAO (Organização para Alimentos e Agricultura) desenvolveu um modelo que simula o rendimento das culturas em função da água. O objetivo deste estudo é avaliar o desempenho do modelo AquaCrop para simular o rendimento do algodoeiro fertirrigado por gotejamento em Latossolo Vermelho distrófico sob diferentes cenários de irrigação e adubação nitrogenada no cerrado mato-grossense. A pesquisa será conduzida a campo nos anos de 2019 e 2020, na área experimental do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola da Universidade Federal de Mato Grosso, câmpus universitário de Rondonópolis. O delineamento experimental consisti em blocos ao a caso com quatro repetições, em esquema fatorial 3x3 mediante fertirrigação por gotejamento, composto por três tratamentos de irrigação (30, 90 e 150 % da ETc) e três tratamentos de adubação nitrogenada (20, 110 e 200 % da recomendação de adubação nitrogenada). Para simulação do rendimento final da colheita o modelo analisa quatro variáveis interligadas entre si, sendo elas: a cobertura do dossel que é expresso em porcentagem (%) podendo variar de 0%, se considerada a época de semeadura e atingir até 100% quando a superfície do solo estiver totalmente coberta pelo dossel, a evapotranspiração da cultura (ETc) expressa pela evapotranspiração de referência (ETo) multiplicado pelo coeficiente da cultura (Kc), a biomassa acima do solo (B) demonstrada pela evapotranspiração da cultura acumulada (ET) multiplicado pelo fator denominado “produtividade da água” (WP) e o rendimento de colheita (Y) que trata-se da composição de todas as demais variáveis analisadas até o estágio final de produção. Espera-se que o modelo AquaCrop simule adequadamente o rendimento final do algodoeiro em resposta a água, uma vez que o modelo baseia-se em um número pequeno de variáveis e de simples determinações, portanto presume-se que o  modelo possa ser uma ferramenta valiosa para apoiar o gerenciamento e as tomadas de decisões nas propriedades rurais bem como uma ferramenta de pesquisa para o meio científico.


Palavras-chave


Modelagem; Irrigação; Água no solo.