Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
O ENSINO DE ESTRATÉGIAS DE LEITURA COMO FERRAMENTA NO PROCESSO DE FORMAÇÃO LEITORA DOS USUÁRIOS DA BIBLIOTECA DA
Geisiane Dias de Santana

Última alteração: 19-09-19

Resumo


A presente pesquisa  vincula-se à linha “Linguagens, cultura e construção de conhecimento: perspectiva histórica e contemporânea” e ao grupo de pesquisa Alfabetização e Letramento Escolar (ALFALE) do Programa de Pós-Graduação em Educação do Câmpus Universitário de Rondonópolis, Universidade Federal de Mato Grosso (PPGEdu/CUR/UFMT). O  objetivo central é analisar se a utilização das estratégias de sumarização e de sintetização impacta no comportamento leitor de usuários da Biblioteca Regional do Câmpus Universitário de Rondonópolis aumentando a frequência de empréstimos de livros por parte dos colaboradores da pesquisa. Visando alcançar o objetivo principal se fez necessário: a) Identificar o perfil de leitura e escrita dos usuários da Biblioteca; b) Mapear os hábitos de empréstimo e consulta do acervo dos colaboradores da pesquisa; c) Analisar se a utilização de estratégias de leitura impacta no aumento frequência de empréstimos de obras. Para tal, foi realizada uma atividade de intervenção com “Oficinas de Estratégias de Leitura para Estudantes do Ensino Superior”. Tal procedimento serviu como subsídio para o estudo e a coleta de dados para a pesquisa. O público-alvo foram os estudantes de Biblioteconomia, Letras-Português e Pedagogia. A opção por esses cursos se deu pela natureza comum entre eles, que é o provável trabalho com a leitura. Contudo, não houve procura de nenhum aluno do curso de Biblioteconomia por conta de o horário de oferta das aulas coincidirem com o das oficinas, que tiveram encontros semanais com duração de três horas cada, somando oito  encontros presenciais e 6 horas de atividades extraclasse com produções textuais e leituras. A finalidade da atividade de intervenção foi fornecer aportes aos participantes a fim de que pudessem assimilar e aperfeiçoar suas competências leitoras e de produções textuais por intermédio de atividades que incentivassem o uso de obras da Biblioteca Regional do Câmpus. Os dados que alicerçaram esta análise foram extraídos dos questionários preenchidos pelos candidatos no ato da inscrição do curso e ao final das Oficinas foram entregues a segunda etapa dos questionários, com o propósito de cruzar informações e analisar se a atividade de intervenção cumpriu com os objetivos estabelecidos para este estudo. As perguntas da parte inicial do primeiro questionário tinham o intuito de fornecer as informações pessoais e traçar o perfil dos participantes. O público final foi composto por 24 pessoas do gênero feminino e uma pessoa do masculino, sendo 14 estudantes de Pedagogia e 11 de Letras-Português. Destes, foram selecionados nove sujeitos  que, após as análises preliminares, serão direcionados para a entrevista.


Palavras-chave


Biblioteca, Leitura, Estratégias de Leitura