Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
As necessidades formativas de professores iniciantes e experientes que atuam na coordenação pedagógica na rede pública de ensino de Rondonópolis/Mato Grosso
jessica lorrayne ananias da silva

Última alteração: 23-09-19

Resumo


A presente pesquisa está vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Educação do Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal de Mato Grosso – Câmpus Universitário de Rondonópolis (PPGEdu/UFMT/CUR), na linha de pesquisa Formação de Professores e Políticas Públicas Educacionais. A pesquisa tenciona investigar as necessidades formativas que apresentam os professores iniciantes e experientes que atuam na coordenação pedagógica e como se dá a formação continuada das redes estadual e municipal de ensino no atendimento às necessidades mencionadas pelos coordenadores investigados. Para tanto, apresenta-se os objetivos da pesquisa: mapear o perfil dos coordenadores pedagógicos que atuam na rede municipal e estadual de ensino, quanto ao tempo de docência e o tempo de experiência na função, identificando as necessidades formativas que mais influenciam suas práticas e, diante do quadro apresentado, como desenvolvem sua função na escola. Em Rondonópolis, cidade ao sul de Mato Grosso a função de coordenador pedagógico é desempenhada seguindo critérios diferenciados nas redes municipal e estadual, no que tange à formação inicial exigida, visto que a legislação da rede municipal preconiza que o professor que irá pleitear o cargo seja preferencialmente um pedagogo, não havendo tal exigência na rede estadual. Já com relação ao tempo de docência, não há na legislação das duas redes nenhuma especificação, porém na rede estadual a preferência para a investidura ao cargo é dada aos professores estabilizados, ou seja, que já cumpriram o período probatório de três anos. Diante do exposto, tem-se atuando na rede pública professores iniciantes que necessitam de formação específica para tal trabalho assim como os professores experientes que atuam na coordenação e desenvolvem formação continuada junto aos sistemas de ensino. Portanto, alguns questionamentos a pesquisa levanta, quais sejam: o que manifestam os professores iniciantes que atuam na coordenação pedagógica acerca de suas necessidades formativas? De que maneira o contexto de formação em que estão inseridos reflete na sua atuação e no atendimento à tais necessidades? De que forma são atendidas na formação proposta pelos sistemas de ensino, as necessidades formativas dos professores experientes? A pesquisa está ancorada na abordagem qualitativa, e como   instrumentos para coleta de dados foram adotadas a análise documental e as entrevistas narrativas. Serão selecionados para a presente investigação cinco professores iniciantes e cinco experientes que atuam como coordenadores pedagógicos na educação infantil e anos iniciais da educação básica das redes municipal e estadual do município de Rondonópolis.

Palavras-chave


Professores Iniciantes, Professores Experientes, Coordenação Pedagógica, Formação Continuada, Necessidades formativas.