Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
CULTURA E POLITICAS PÚBLICAS PARA O CINEMA EM CUIABÁ: PESQUISANDO SUA DISTRIBUIÇÃO E A FORMAÇÃO DE PLATEIA
Naiara Cristina Gonçalves Rocha Passos

Última alteração: 16-10-19

Resumo


O setor audiovisual é um dos grandes integrantes da chamada Economia Criativa, muito presente na contemporaneidade, e colocou em evidência processos e fenômenos verificados em escala global que estão reconfigurando as instituições modernas, as práticas e formas de organização e produção da vida social. O cinema é uma dessas práticas e não é mais possível pensar nele unicamente como um meio de expressão cultural, pois ele extravasa esse lugar e se torna multifacetado. Entender a evolução histórica da cinematografia nacional até chegar à construção da história recente do cinema latino-americano, enfocando as vertentes políticas, culturais e econômicas, torna-se fundamental para compreender aspectos simbólicos e mercadológicos dessas produções. Partindo dessa constatação, este projeto de doutorado em Estudos de Cultura Contemporânea objetiva investigar como tem sido formuladas e implementadas as políticas de acesso ao cinema independente no Brasil. Averiguar as propostas da plataforma ANCINE, seus editais, cotas e principalmente sua política de fomento à etapa de distribuição, com recorte para as produções feitas em Cuiabá-MT. Paralelamente analisar como as políticas de distribuição influenciam a formação de platéia para os filmes independentes em Cuiabá. Este projeto de doutorado é desenvolvido no âmbito do Projeto de Pesquisa em Mídia( Propeq- UFMT ) na Linha de Pesquisa em Comunicação e Mediações Culturais do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Cultura Contemporânea da Universidade Federal de Mato Grosso (PPGECCO-FCA-UFMT).

Palavras-chave


audiovisual; cinema independente; politicas publicas