Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
O ENSINO DAS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS NA PRÁTICA DOCENTE DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA
Maiane Felix Lourenço, Eglen Sílvia Pipi Rodrigues

Última alteração: 23-09-19

Resumo


Este resumo intenciona apresentar o projeto de pesquisa destinada ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Universitário de Rondonópolis (PPGEdu/UFMT/CUR), cujo tema em discussão será a abordagem do ensino sobre relações étnico-raciais na atuação de professores. Considerando os aspectos centrais de um modelo de sociedade que discrimina e exclui a diversidade cultural, a escola também reproduz com eficácia essa discriminação a fim de perpetuar as diferenças existentes. Tal processo contribui para promoção de uma hierarquia racial num pensamento econômico, ideológico e político dominante nessa sociedade. Entendendo o ciclo de movimento da escola e seu importante papel para transformação do ser social, é preciso repensar sua estrutura no processo formativo dos alunos, professores e todos os agentes educativos que nela atuam. A questão de pesquisa é a seguinte: “Como os professores da educação básica tem desenvolvido suas práticas pedagógicas a partir da lei 10.639/2003?”. O objetivo será investigar a prática docente de professores da educação básica a partir da implementação da lei 10.639/2003.  A justificativa pela escolha do tema se dá em função de lembranças vividas em minha trajetória escolar durante a educação básica até o ensino superior, buscando uma perspectiva de um ensino que contemple aprendizagens sobre as relações étnico-raciais, proporcionando assim, o reconhecimento e valorização de grupos que são desconsiderados por um modelo de educação eurocêntrica e racista. A metodologia utilizada para esta pesquisa será classificada como qualitativa, orientada pela Teoria da Investigação Comunicativa Crítica fundamentada no Agir Comunicativo de Habermas e na Dialogicidade de Paulo Freire. Os sujeitos da pesquisa serão professores que atuam na educação básica. Assim, pesquisar a abordagem do ensino das relações étnico-raciais na atuação de professores, permite compreender a luta de muitas pessoas que precisam reafirmar sua existência e importância diante uma sociedade que promove a exclusão, o silenciamento e o extermínio da população negra, dos indígenas, dos judeus e de tantos outros que congregam as relações étnico-raciais.

 


Palavras-chave


Relações, Étnico-Raciais, Educação Básica.