Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
Limites e possibilidades de uma ação-pesquisa crítico-colaborativa para a socioeducação
Marta Gresechen Paiter Luzia de Souza

Última alteração: 07-10-19

Resumo


Esta ação-pesquisa se fundamenta no direito constitucional de nossos/as adolescentes e jovens, que neste caso cumprem medidas socioeducativas em meio fechado, a uma educação libertadora voltada a uma aprendizagem-desenvolvimento centrada nos princípios legais e ético-políticos de democracia e justiça social, com vistas à valorização da vida e dos vínculos. É finalidade desta ação-pesquisa que essa aprendizagem-desenvolvimento se estenda aos atores e às atrizes sociais da comunidade socioeducativa em questão, que atuam em diferentes subsistemas, tendo em vista a transformação qualitativa tanto do centro socioeducativo quanto da sociedade civil. Este estudo se justifica pelo resultado de pesquisas anteriores, no território nacional, que investigam o cenário histórico de atendimento em centros socioeducativos, os quais são caracterizados como um espaço em que se evidenciam ações tácitas e explícitas correcionais, punitivas e repressivas. Deste modo, no escopo do Realismo Crítico e da Análise Crítica do Discurso, discuto possíveis desdobramentos de ações e mecanismos discursivos de resistência e recriação contínua na Escola Estadual Meninos do Futuro, inserida no Centro Socioeducativo Pomeri, pela análise dos dados coletados entre fevereiro e dezembro de 2018 por intermédio de gravações em áudio e vídeo de 25 grupos de estudo e 24 entrevistas.

 


Palavras-chave


Socioeducação; Realismo crítico; Ação-pesquisa.