Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
Onde fica Cuiabá? Poéticas e cartografias no território cuiabano
Ana Vittori Frigeri

Última alteração: 11-10-19

Resumo


Dentro do universo das poéticas contemporâneas, a pesquisa busca aproximar o estudo da cultura com os processos envolvidos na produção do espaço urbano cuiabano. A pretensão é de se investigar os modos de ocupar o espaço público em Cuiabá, traçando um paralelo entre os processos que envolvem a ocupação do território e as formas de ocupação do espaço público. A ideia aqui é desenhar um caminho por “onde fica Cuiabá”, pensando nessa questão de localização enquanto reflexo das representações, que propõem imagens e insistem em construir um imaginário que não leva em consideração as questões individuais de pertencimento e agenciamento. Tendo isso em vista, é possível reconhecer nos processos de identificação (ou nos processos de não-identificação) a relação com o sentido de lugar. E por que isso é importante? Porque talvez este seja o sentimento que sustenta o nosso papel enquanto agente no processo de produção do espaço urbano. Dessa forma, a pesquisa buscará investigar nos modos de ocupar o espaço público em Cuiabá pistas sobre o nosso modo de viver na cidade e possibilidades de sobreviver na cidade contemporânea. Investigar os modos de ocupar o espaço público em cuiabá, aqui, se faz a partir de três premissas: a ocupação do espaço público é manifestação cultural; ler a cidade é ler as dinâmicas do/no espaço público; o conceito de agência e a apropriação do conceito de cultura são fundamentais para pensar políticas públicas na cidade contemporânea. Propõe-se, portanto, desenvolver uma pesquisa com o intuito de acompanhar os processos de produção do espaço enquanto manifestações da cultura urbana contemporânea e cuiabana. Sob a metodologia da cartografia, e com o intuito de identificar, registrar, mapear e reinventar elementos representativos do contexto urbano contemporâneo cuiabano; a pesquisa será uma experiência de investigação dos modos de se ocupar o espaço público enquanto manifestações culturais materializadas de forma sobreposta na cidade. É uma pesquisa entre as contradições que se sobrepõem num cenário urbano pós-moderno. Dessa forma, e com o intuito de revelar essa “colagem” de manifestações e ilustrar as reinvenções e contrastes no espaço público, a pesquisa buscará construir uma leitura sobre o espaço urbano cuiabano para pensarmos políticas públicas para nossa cidade.

Palavras-chave


poéticas urbanas, cartografia urbana, direito à cidade, cidade contemporânea