Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
Narrativas sobre violência de gênero: análise antropológica de relatos publicados em grupos da internet
valeska paulina Aguilera

Última alteração: 11-10-19

Resumo


Tanto na vida on-line quanto fora dela, as pessoas estão sujeitas a ser vítimas de violência de vários tipos.Esta pesquisa investiga as publicações que são feitas no Facebook devido ao seu grau de massificação como rede social e consequente influência na vida dos sujeitos.Em grupos organizados no interior da rede social, são publicadas denúncias de práticas violentas, crimes ou comportamentos inadequados contra mulheres. A presente pesquisa pretende responder à seguinte questão: por que as mulheres vítimas de violência de gênero optam por publicar um relato revelando sua experiência na plataforma virtual do Facebook? O que acontece após a postagem? Por mais problemática que seja, estabeleceu-se que a plataforma virtual "Facebook" é um elemento de agência na construção do eu através da publicação de testemunho de mulheres violentadas física, sexual ou simbolicamente. Portanto, o objetivo da pesquisa é de refletir sobre as narrativas testemunhais publicadas na internet de mulheres que sofreram violência de gênero, reconhecendo a construção de um eu com agência por meio da ação de torná-la pública. Metodologicamente, foi utilizada a etnografia virtual, que consistiu em entrevistas presenciais e / ou on-line escritas pelo Whatsapp e Facebook. As mulheres entrevistadas eram pessoas que publicavam ou administravam páginas de denúncia na rede social. Entre os resultados preliminares, observou-se a influência do movimento feminista atual nas intenções das publicações, além daprodução de novas formas de subjetividade no mundo contemporâneo.


Palavras-chave


narrativa,violencia de genero, facebook