Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
O Ensino de Agrotóxicos no enfoque Químico, Biológico e Social
Núbia Duarte da Cruz, Marcel Thiago Damasceno Ribeiro

Última alteração: 17-10-19

Resumo


Resumo: Esta pesquisa se insere na área de Ensino de Ciências Naturais, e possui como objetivo analisar como a abordagem sociocientífica sobre os agrotóxicos é trabalhada na Educação Básica no município de Campo Verde em Mato Grosso, em outros termos, pretende-se compreender se os professores de Química e/ou Biologia utilizam  essa questão como tema sociocientífico nas aulas do Ensino Médio. O assunto abordado é de relevância particular para a educação científica dos estudantes do município, visto se tratar de uma região economicamente agrícola em que o tema agrotóxico faz parte da realidade vivenciada por todos os estudantes. O lócus da pesquisa será na Escola Estadual Ulisses Guimarães, escola polo do Ensino Médio no município e que atende estudantes da zona rural e urbana. Neste sentido, a questão norteadora da pesquisa está em compreender: como os agrotóxicos são trabalhados enquanto abordagem sociocientífica na Educação Básica, no município de Campo Verde em Mato Grosso. A metodologia se fundamentará na contribuição da perspectiva qualitativa tendo como abordagem a modalidade do estudo de caso. Pretende-se, portanto, ao final da pesquisa, obter resultados que propiciem a produção de um paradidático que utilize a temática agrotóxicos com o enfoque em Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente (CTSA). A ideia é que este auxilie os professores e estudantes na articulação de conceitos químicos e biológicos com fenômenos presentes em seu cotidiano, e possibilite ao professor trabalhar com os estudantes de maneira mais reflexiva, participativa, crítica e significativa na perspectiva socioambiental.


Palavras-chave: Agrotóxicos. Ensino de Química. Paradidático.


Palavras-chave


Agrotóxico; Ensino de Química; Paradidático.