Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
Poéticas de resistência do Teatro Experimental de Alta Floresta
Ronaldo Adriano Freitas Lima, Maria Thereza Azevdo

Última alteração: 14-10-19

Resumo


A pesquisa visa compreender as poéticas do Teatro Experimental de Alta Floresta, assim como seus modos de resistência enquanto grupo teatral, a partir de sua relação com as dinâmicas sociais e econômicas da cidade de Alta Floresta (fundada em 1976), localizada na Amazônia mato-grossense. O Grupo surgiu em 1988 e sua intrínseca relação com a cidade ocasionaram mútuas afetações que foram responsáveis por desdobramentos tanto em sua dinâmica interna, quanto no meio cultural local. Para a investigação proposta o acercamento dos materiais será realizado por meio de cartografia, na perspectiva de Suely Rolnik (2011), partindo da observação das trilhas percorridas e os vestígios dos acontecimentos teatrais (DUBATTI) que testemunham as três décadas do grupo, na forma de documentos (administrativo e artístico), tais como: peças de figurino, de cenários, adereços, fotografias, jornais, programas, textos, atas, relatos, vídeos e outros.


Palavras-chave


Cidade; Poética de Resistência; Teatro de Grupo.