Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
EFEITOS DO EXERCÍCIO AERÓBIO SOBRE A GLICEMIA SUBSEQUENTE A INGESTA DE UMA SOLUÇÃO DE CARBOIDRATOS
LEONARDO SEGANFREDO, Gisela Arsa da Cunha

Última alteração: 04-10-19

Resumo


INTRODUÇÃO: O exercício físico de curta duração e moderada intensidade pode reduzir a glicemia quando realizado no período pós-prandial. No entanto, há controvérsias sobre seus efeitos na glicemia em resposta a sobrecarga de carboidratos subsequente a sua realização. OBJETIVO: Comparar os efeitos do exercício prévio sobre a área abaixo da curva da glicemia mediante sobrecarga de dextrose com uma sessão controle sem exercício prévio. METODOLOGIA: Onze indivíduos sedentários foram avaliados, sendo 9 mulheres e 2 homens (26,1 ± 3,0anos; 1,71 ± 0,09m; 69,2 ± 15,4kg; 23,5 ± 4,1kgm²; 31,6 ± 6% de gordura corporal). O desenho experimental foi composto por três visitas: [1] Avaliação antropométrica para determinar o índice de massa corporal e a composição corporal; [2] sessão exercício físico (EX-Dex) [3] sessão controle sem exercício (CT-Dex). As visitas 2 e 3 foram randomizadas, estando os participantes previamente alimentados, seguindo o mesmo desenho experimental: 20 minutos de repouso, 20 minutos de exercício físico ou controle, e 75 minutos de recuperação. A sessão de exercício de caminhada/corrida (2.303,64 ± 296,89m) foi de intensidade moderada (161,46 ± 5,10bpm). Aos 15 minutos de recuperação, uma solução de dextrose (0,5g/kg de massa corporal, diluído em 5ml de água/g) foi ingerida, mantendo o participante em posição sentada por 75 minutos. A glicemia foi obtida a cada 5 minutos em repouso, ao final do exercício físico/controle, e a cada 15 minutos de recuperação por punção de amostra sanguínea do lóbulo da orelha. Empregou-se Shapiro-Wilk para a verificação da normalidade e test-t na comparação entre as sessões, adotando-se p≤0,05. RESULTADOS: Comparado a sessão controle, o exercício prévio resultou em menor área abaixo da curva da glicemia em resposta a sobrecarga de dextrose (∆=-489±229,8 mg/dL, p=0,046). CONCLUSÃO: O exercício de curta duração e moderada intensidade realizado previamente a sobrecarga de dextrose abranda a resposta glicêmica comparado a um dia controle sem exercício.


Palavras-chave


Exercício Físico, carboidrato