Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
AVALIAÇÃO E MODELAGEM DOS EFEITOS METEOROLÓGICOS SOBRE O DESENVOLVIMENTO E PRODUTIVIDADE DA SOJA EM MATO GROSSO
Tulio Gonçalves dos AVALIAÇÃO E MODELAGEM DOS EFEITOS METEOROLÓGICOS SOBRE O DESENVOLVIMENTO E PRODUTIVISantos

Última alteração: 01-10-19

Resumo


O objetivo desse estudo foi avaliar o desempenho produtivo de duas cultivares de soja semeada em diferentes épocas. Os ensaios foram instalados na Fazenda Santa Luzia, localizada no município de Campo Verde – MT, no ano agrícola de 2018/19. O delineamento experimental foi em  blocos casualizados em esquema 3x2 (três épocas de semeadura: primeira época 08/10/2018, segunda época 19/10/2018, terceira época 29/10/2018 e duas cultivares: M7739 IPRO e BMX Bônus IPRO com quatro repetições por época de semeadura. Para avaliar o desempenho produtivo foram selecionadas 20 plantas em duas linhas de 4 metros linear. A precipitação durante o ciclo da soja foi estimada por meio de três pluviógrafos. A semeadura de primeira época resultou em maior precipitação acumulada e maior produtividade da soja. A cultivar M7739 IPRO apresentou maior produtividade independente da época de semeadura.


Palavras-chave


Glycine max; produtividade de grãos; cultivar