Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
A saúde mental do trabalhador, a síndrome de bournot e a sua reparação extrapatrimonial.
KLEBER Pinho SILVA

Última alteração: 28-09-19

Resumo


O presente estudo possui como temática as questões relativas à saúde mental do trabalhador refletidos no estresse no meio ambiente laboral, e a consequente responsabilização do empregador, quando verificado que o adoecimento se deu por implicações do desiquilíbrio do meio ambiente psicológico do trabalho. A pesquisa tem por o enfoque central a análise da síndrome de Burnout. O estudo tem como objetivo geral colaborar com o diálogo jurídico acerca da questão meio ambiente psicológico do trabalho, identificando por meio de pesquisa bibliográfica os fatores que contribuem para identificar o meio ambiente desiquilibrado que leva em determinado casos a síndrome de Burnout, e em um segundo momento pretende-se demonstrar via pesquisa jurisprudencial e doutrinaria que a atual legislação trabalhista que possibilita a reparação dos danos extrapatrimoniais sofridos pelo trabalhador é plenamente inconstitucional por ferir dispositivos constitucionais e princípios como o da isonomia, e ao final aponta-se critérios doutrinários já existentes para mensuração da indenização devida sem incorrer em tabelamento.

 


Palavras-chave


Estresse, Burnout, Reparação.