Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
AS ARTES MARCIAIS MISTAS (MMA) EM MATO GROSSO
Ronnie Fonseca Barbosa

Última alteração: 18-10-19

Resumo


Este trabalho investiga o processo de esportivização e espetacularização das Artes Marciais Mistas (MMA) em Mato Grosso. Buscamos compreender como as condições sociais podem favorecer a apropriação de diferentes produtos esportivos relacionados a esta modalidade de luta. Nos debruçaremos sobre a Sociologia do Esporte, pois tem sido um instrumento que possibilita o entendimento da dinâmica social baseada nas relações esportivas. A pesquisa se caracteriza como qualitativa com cunho explicativo. Como hipótese sugerimos que, a possível identificação com os esportes de combate, independente de posição social, resultou no surgimento de um grupo de indivíduos interessado em buscar a prática de um esporte de combate, e que as Artes Marciais Mistas estão intimamente ligadas com valores e desejos de uma determinada classe em busca de ascensão social. Os resultados alcançados, até o momento, indicam que a construção de um tomar “gosto”, por esta prática esportiva está ligada com os aspectos de classe social a qual o indivíduo pertence e com essa prática existe, de fato, a real possibilidade de profissionalização. Nos eventos que conseguimos localizar no Estado, pudemos realizar a coleta de dados dos treinadores, lutadores, promotores de evento e mídia local. Os dados indicam que tanto a esportivização quanto a espetacularização do MMA em nosso Estado ocorre de maneira muito lenta, forçando aqueles atletas que se destacam neste esporte a buscarem os grandes centros onde o MMA tem maior visibilidade e proporciona maior estrutura para seguir carreira em nível profissional. A atenção midiática, da mesma forma, não proporciona destaque para os eventos que acontecem em Mato Grosso, e quando dispendem atenção, esta ocorre timidamente. Nas falas dos lutadores e treinadores identificamos facilmente a paixão por este esporte, a vontade de estar em um campeonato de visibilidade internacional como o UFC (Ultimate Fighting Championship) sempre é mencionada, associada ao desejo de ascensão social e possibilidade de um futuro melhor. Cem por cento dos lutadores entrevistados até esta etapa da pesquisa são amadores que buscam se profissionalizar e apontam as dificuldades de se manter financeiramente apenas com as lutas, assim, o fator que se destaca como maior obstáculo para a transição do lutador amador para o profissional é a remuneração enquanto ainda amadores. Pelo caminho percorrido, até o momento, identificamos que são raros os eventos de MMA no Estado. Acompanhamos dois eventos de nível amador, que se sustentavam pelo fato de estarem atrelados a outras modalidades de luta. Pressupomos que a construção de uma demanda esportiva para o MMA em Mato Grosso, assim como em outros esportes, está relacionada a um construto cultural de prática e gosto pelas ações relacionadas a tais modalidades.

Palavras-chave


Artes Marciais Mistas; Esportivização; Espetacularização; Amadorismo; Profissionalismo.