Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
Variabilidade horária e intensidade sazonal da precipitação no município de Cuiabá-MT
Luiz Octavio Fabricio dos Santos, Nadja Gomes Machado, Altemar Lopes Pedreira Junior, Israel de Oliveira Ivo, Névio Lotufo Neto, Marcelo Sacardi Biudes

Última alteração: 10-10-19

Resumo


O município de Cuiabá está inserido em uma região de transição entre o Cerrado e o Pantanal no estado de Mato Grosso, o qual tem sua economia fortemente influenciada pelo agronegócio. A produção agrícola é modulada pela variabilidade climática da região. Dentre as variáveis climáticas, a precipitação atua como fator preponderante do ciclo hidrológico, controlando as trocas de energia e matéria no sistema solo-planta-atmosfera. Desta forma, o objetivo deste trabalho foi analisar a intensidade e a variabilidade horária da precipitação no município de Cuiabá, no Estado de Mato Grosso. Os dados de precipitação foram coletados na estação meteorológica de Cuiabá do Instituto Nacional de Meteorologia entre 2003 e 2018. A frequência relativa horária de precipitação foi analisada pelo método de Spiegel. A precipitação máxima no período chuvoso ocorreu no período da tarde, entre 16:00h e 17:00h (6.2 e 5.9%), e a mínima entre 10:00h (3.0%) e 11:00h (2.8%). No período seco, a distribuição da precipitação apresentou outro padrão, com máximos entre as 05:00h (5.0%) e 17:00h (5.4%) e os menores valores entre 12:00h (2.6%) e 13:00h (2.2%). Em geral, a intensidade da precipitação na região foi predominância fraca, seguida de moderada, forte e muito forte. Conclui-se que os eventos de precipitação na região ocorrem geralmente no final da tarde, resultante da atividade convectiva da região.

Palavras-chave


Climatologia; Frequência Relativa; Pluviometria.