Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
Brincadeiras cantadas na formação do professor de música: Um estudo de suas memórias lúdicas
Janaina de Morais Pereira, Cleomar Ferreira Gomes

Última alteração: 01-10-19

Resumo


Esta pesquisa vincula-se à Linha de Pesquisa “Culturas Escolares e Linguagens”, do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Mato Grosso – campus Cuiabá, sob a orientação do Professor Dr. Cleomar Ferreira Gomes. A pesquisa tem como objetivo principal compreender a relação das brincadeiras cantadas, realizadas na infância e sua influência na formação do professor de música. Para buscar respostas aos questionamentos desta investigação, serão realizadas entrevistas narrativas com, no mínimo 20 professores de Música da Educação Infantil e/ou anos iniciais do Ensino Fundamental de Cuiabá, a fim de identificar as brincadeiras cantadas realizadas durante a infância dos professores de música, egressos do curso de Licenciatura em Música da Universidade Federal de Mato Grosso e as que persistem na sua prática profissional; compreender as formas como as experiências do brincar durante a infância refletem na formação dos professores e a percepção dos participantes sobre a importância da brincadeira cantada na infância para a formação do professor de música e demais aprendizagens. Assim sendo, a revisão de literatura dessa investigação apresenta como base os conceitos referentes às Brincadeiras Cantadas, Música Tradicional da Infância e Memórias Lúdicas (SILVA, 2016; HORTÉLIO, 2016). A partir de uma abordagem qualitativa, juntando-se a uma pesquisa biográfica, utilizará como técnica de pesquisa a entrevista narrativa, no intuito de dar voz aos participantes, partindo de dois eixos temáticos: memórias lúdicas da infância e as brincadeiras cantadas nas aulas de Música. Deste modo, pretende-se gerar reflexões nos professores de música sobre suas memórias lúdicas da infância relacionadas às brincadeiras cantadas e às formas como inserem essas brincadeiras na sua prática pedagógica, buscando de modo significativo tornar o brincar um elemento presente no ensino de música e áreas afins, não apenas como um meio de aprendizagem, mas de formação humana. Assim sendo, é possível compreender que o valor social desta pesquisa está no fato de que educação e vida estão interligadas, sendo a brincadeira cantada um elemento que marca a vida dos indivíduos e os levam ao encontro da sua cultura e de sua formação como professor.

Palavras-chave


Brincadeiras cantadas; Formação do professor; Memória lúdica