Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
Fluorescência da clorofila em variedades de arroz cultivadas com e sem alagamento
Simone Francieli Guarnieri

Última alteração: 04-10-19

Resumo


O estresse abiótico é considerado o maior limitador do crescimento vegetal, uma vez que causa danos em vários processos fisiológicos, bioquímicos e moleculares. Com isso, o objetivo do trabalho foi avaliar o efeito do estresse hídrico sob a fluorescência da clorofila a em variedades de arroz. O experimento foi realizado em casa de vegetação, em esquema fatorial 3x2 com 5 repetições, sendo o primeiro fator as variedades de arroz com 3 níveis (BRS-Esmeralda, Branquinho e Agulhinha Vermelho) e o segundo fator o regime hídrico com 2 níveis (alagado e não alagado). A curva de resposta à luz dos parâmetros de fluorescência da clorofila foi realizada no período do florescimento. As variedades de arroz não diferiram em nenhum dos parâmetros de fluorescência da clorofila a com relação às diferentes condições hídricas.

Palavras-chave


Estresse hídrico, Eficiência fotoquímica, Oryza sativa L.