Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
Notas introdutórias sobre cultura interdisciplinar: um estudo sobre a aplicação de metodologias ativas no ensino superior de arquitetura
Ana Claudia Vitorio de Carvalho Goes, Cristovão Domingos de Almeida

Última alteração: 15-10-19

Resumo


Este artigo tem como objetivo demonstrar a importância do ensino multidisciplinar da arquitetura inserindo metodologias ativas de desenvolvimento projetual, que buscam aproximar o estudante da complexidade que envolvem as situações problemas advindas da prática profissional e do exercício de projetar. Fundamenta-se a partir dos conceitos sobre leitura visual do espaço, da prática do desenho em arquitetura e da aprendizagem na proposta de criar elementos bi e tridimensionais (CIDADE, 2007), os quais são os fundamentos do projetar em arquitetura. Metodologicamente este estudo se baseia na pesquisa qualitativa, apoiado nos instrumentos de observação e aplicação de atividades com os estudantes do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Cuiabá – UNIC, no ano de 2019, os trabalhos derivados deste exercício tiveram como objetivo a criação de um conceito baseado em um elemento à escolha dos alunos, que poderia ser retirado da natureza ou qualquer outro que lhes despertasse afetos e percepções, posteriormente o projetar deste conceito bidimensionalmente e o executar tridimensionalmente. Os projetos foram analisados pelo método temático, que buscou fomentar através dos temas geradores sobre a criação de projetos que estivessem alinhados com um conceito desde a concepção, ao desenvolvimento e execução. Desta maneira, evidencia-se que os estudantes estabelecem as trocas de ensino e aprendizagem e revelam a importância em se aliar a teoria e prática na criação projetual de modo consciente, funcional e inovador para o desenvolvimento acadêmico e profissional.


Palavras-chave


Ensino, Educação, Cultura, Interdisciplinaridade.