Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
IMPLEMENTAÇÃO DA BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: PERCEPÇÃO DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA REDE MUNICIPAL DE SINOP/MT
Debora Bento Ortencio Oliveira, Mario Mateus Sugizaki, WALERIA Waléria C. R Fett, Nilzalina Silva Chaparro

Última alteração: 04-10-19

Resumo


O professor de educação física escolar vem se desafiando pela busca de ferramentas metodológicas que possam direcionar e auxiliar no planejamento curricular dos conteúdos pedagógicos de suas aulas. Ao longo dos anos, o Ministério da Educação vem apresentando diretrizes e documentos normativos com o objetivo de proporcionar uma educação básica mais organizada e estruturada. Assim surgiu em 1997 os parâmetros curriculares nacionais, como um instrumento de apoio para elaboração das aulas, e os conteúdos pedagógicos nas escolas. Em 2018 o MEC lançou a Base Nacional Comum Curricular, como balizadora da qualidade da educação no País, e como um documento normativo para ser implementado na educação básica em 2020. O presente estudo terá por objetivo analisar a percepção dos professores de educação física da rede municipal de Sinop/MT referente à implementação da Base Nacional Comum Curricular. Este estudo se caracteriza por uma pesquisa com a abordagem qualitativa, com as técnicas de observação e entrevista semiestruturada. Participarão desse estudo 8 professores  de educação física que lecionam no primeiro ciclo do ensino fundamental das escolas municipais de Sinop/ MT, escolhidos por sorteio aleatório. Espera-se que essa pesquisa possa auxiliar em um diagnóstico primário das principais dificuldades enfrentadas pelos professores de educação física do primeiro ciclo da rede municipal, na implementação da Base Nacional Comum Curricular, levantando informações que possam  proporcionar estratégias para uma implementação mais eficaz.


Palavras-chave


base nacional comum curricular, educação física escolar, professor de educação física