Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
O USO DAS ANALOGIAS COMO CONHECIMENTO PEDAGÓGICO DE CONTEÚDO NO ENSINO DE QUÍMICA
ROSIANE ALEXANDRE PENA GUIMARÃES, Marcel Thiago Damasceno Ribeiro

Última alteração: 17-10-19

Resumo


Este trabalho encontra-se no seu primeiro ano de desenvolvimento no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Naturais (PPGECN/UFMT) na Linha de Pesquisa de Formação de Professores, e se insere no âmbito dos estudos sobre a utilização da linguagem analógica para o ensino de Química. Parte-se do pressuposto que as analogias, como estratégia de ensino, se bem utilizadas, auxiliam na compreensão do conhecimento cientifico. Portanto, pretende-se investigar as concepções de professores Química, mestrandos do PPGECN/UFMT, da área de concentração em Ensino de Química, sobre o uso de analogias como estratégia metodológica para o ensino dessa Ciência. Nesse sentido, apresenta-se a seguinte questão norteadora: Como se expressam os saberes pedagógicos de conteúdos químicos, de professores de Química ao narrarem de que modo utilizam analogias como estratégia de ensino? Para elucidar a questão proposta, almeja-se recorrer a conjecturas teóricas que aspiram elevar o fenômeno dos saberes docentes, com o enfoque no saber pedagógico de conteúdo químico. Os instrumentos de registros de informações consistem na análise de livros didáticos de Química selecionados pelo PNLD 2018-2020, bem como questionários e entrevista semiestruturada com os sujeitos participantes. Como método de análise de dados recorre-se a análise textual discursiva. Aspira-se, deste modo elaborar um produto educacional do tipo guia didático com o uso de analogias para o ensino de Química. Espera-se que esse guia possa orientar e auxiliar os professores no processo de ensino e aprendizagem, contribuindo assim com a produção do saber pedagógico de conteúdo químico.


Palavras-chave


Produto Educacional. Analogias. Ensino de Química. Guia didático.