Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
: Práticas pedagógicas lúdicas de professores que ensinam química no ensino médio
Catiex Rodrigues Souza, Adelmo Carvalho da Silva

Última alteração: 01-10-19

Resumo


Esta pesquisa busca compreender as características das práticas pedagógicas lúdicas de professores que ensinam química no Ensino Médio. No ponto de vista, que remete as produções teóricas que retratam o lúdico no ensino de química, constatou-se que possui uma quantidade considerável de confecções de jogos e atividades lúdicas no ensino de química. Estas pesquisas foram divulgadas em revistas, congressos e também em trabalhos de dissertações de mestrados e teses de doutorado de Programas de Pós-graduação em todo cenário brasileiro. Porém, ainda necessitam de um embasamento teórico acerca do lúdico que sustente a ação pedagógica do ensino-aprendizagem no espaço escolar. Do exposto, destaca-se o seguinte objetivo geral: compreender quais são as práticas pedagógicas lúdicas de professores que ensinam química no Ensino Médio. Do objetivo citado resultam os objetivos específicos: investigar as memórias das professoras acerca do lúdico na Educação Básica, enquanto alunas; investigar as concepções das professoras e como estas orienta o desenvolvimento da prática pedagógica lúdica nas aulas de química; identificar as aprendizagens, dificuldades e possibilidades encontradas pelas professoras para efetivar suas práticas pedagógicas lúdicas no contexto da sala de aula e compreender a importância da prática pedagógica lúdica para a aprendizagem de química dos seus alunos. Utilizou-se a abordagem da pesquisa qualitativa e do método interpretativo para analisar a concepções e práticas educativas de três professoras que lecionam química do primeiro ao terceiro ano do Ensino Médio. As informações para a coleta dos dados foram obtidas nas escolas da rede estadual pública do estado de Mato Grosso. A observação, questionário e entrevista semiestrurada fizeram parte dos instrumentos de coleta de informação. Os resultados obtidos nos revelam a importância das professoras adquirem conhecimento da epistemologia da ludicidade apontada por Luckesi, com a finalidade de originar uma intencionalidade lúdica na educação que possam auxiliar em atender as dificuldades formativas no processo cognitivo de seus alunos, levando em consideração a afetividade e o prazer em aprender os conhecimentos científicos da química. As práticas pedagógicas utilizadas pelas professoras destacam a utilização de recursos pedagógicos como: histórias em quadrinhos; praticas experimentais realizadas no laboratório de ciências e jogos com o propósito de revisão de conteúdos de química. Portanto, o presente estudo reflete para um estímulo para novas de mudanças nas concepções e possivelmente, nas práticas educativas das professoras sobre o ensino de química sob a ótica do lúdico e ludicidade. Nesse sentido, aponta-se para a inserção estudos na perspectiva teórica e metodológica sobre a ludicidade e educação nos currículos de formação de professores. Deste modo, proporcionar conhecimentos e debates sobre a concepção lúdica, para assim melhor explora-lo no contexto escolar.

Palavras-chave: Prática Pedagógica Lúdica. Ensino. Ensino de Química.