Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
Um Estudo Comparativo do desenvolvimento econômico e sua influência na (re)construção das identidades nacionais no Brasil de Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2011) e no Equador de Rafael Correa Delgado (2007-2017)
Gerardo Alarcon

Última alteração: 07-10-19

Resumo


A análise comparativa da história é uma metodologia de construção da mesma, examinando acontecimentos com a finalidade de obter explicações que vão além dos tempos e de espaços particulares. Nesse sentido, a pesquisa que ora estamos realizando se propõe a produzir um estudo comparativo entre o Brasil e o Equador, a respeito das possíveis influências do fator econômico na (re)construção das identidades nacionais destes países, especificamente no período que abarca os mandatos presidenciais de Luiz Inácio Lula da Silva e Rafael Correa Delgado, respetivamente. A escolha dos líderes políticos em questão, cabe ressaltar, se deve em boa medida ao fato de que ambos realizaram suas gestões em meio a processos de recuperação econômica no Brasil e no Equador, concedendo destaque: à ação do Estado na economia, reivindicando maior inclusão social das classes subalternas, e, ao mesmo tempo, com forte investimento em um imaginário de (re)construção da nação e das identidades coletivas. No campo teórico, partindo do conceito de identidade nacional como construção social ou, nas palavras de Benedict Anderson, “uma comunidade imaginada”, reconhecemos que a nação nasce no ideal dos indivíduos que compartilham várias características em comum, entre as quais aquelas relacionadas com a psicologia e o desejo de uma satisfação subjetiva; e que, nas atuais sociedades globalizadas (em que governaram Lula e Correa), as identidades nacionais enfrentam desafios de ordens diversas. Nesse sentido, avaliar como, no período selecionado, tais identidades foram (re)construídas, com base em especial nas ideias de recuperação econômica e reconstrução do país conduzidas por Lula e Correa, está entre os objetivos principais desta pesquisa.

Palavras-chave


Identidade nacional, Rafael Correa, Lula