Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
Instalações de arte contemporânea- experiência afetiva e interculturalidade
Ana Lia Rodrigues da Silva

Última alteração: 14-10-19

Resumo


A pesquisa se fundamenta em investigações de instalações artísticas e suas possibilidades de transversalidades de acontecimentos em funções das estratégias poéticas utilizadas.
Com o objetivo de abordar as dimensões culturais da arte contemporânea, o relato das observações de desdobramentos e ressonâncias existentes na arte desse tempo, em diferentes contextos espaciais, surgem como aspectos relevantes para a investigação. Utiliza-se da cartografia afetiva deleuziana a fim de mapear os espaços onde se realizaram a pesquisa de campo (três eventos de Arte Contemporânea em Alemanha, Brasil e Portugal). Dentro das abordagens teóricas, as questões relacionadas à arte e suas concepções se fundamentam na estética da formatividade de Pareyson, nas discussões sobre a partilha do sensível de Rancière, nos diálogos filosóficos de Deleuze e Guattari e ainda o interculturalismo de Nestór Caclini.  A propósito do retorno do intercâmbio na Universidade do Minho (doutorado sanduíche pelo programa Capes/PDSE), mostraremos contribuições desse período de estágio, em uma amostragem do desenvolvimento da pesquisa, abordando uma obra escolhida para sintetizar o trabalho de análise.

Palavras-chave


instalações de arte contemporânea; cartografia afetiva; interculturalismo