Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
Narrativas de Professores Iniciantes que Ensinam Matemática nos Anos Iniciais
Gisele de Figueiredo Taques Castro, Rute Cristina Domingos da Palma

Última alteração: 01-10-19

Resumo


O projeto de pesquisa desenvolvido no curso de mestrado do Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal de Mato Grosso, na linha de pesquisa Educação em Ciências e Educação Matemática visa responder ao problema de investigação: que sentidos professores iniciantes atribuem aos processos de ensinar e aprender matemática nos anos iniciais ao narrarem sobre sua trajetória formativa e experiência docente? O objetivo geral é, portanto, compreender o processo de iniciação docente, especificamente no ensino da matemática nos anos iniciais. Para a fundamentação teórica tomamos por base as contribuições de Vygotsky (1998), D’Ambrósio (2003, 2006), Moura (2007) e Rego (2014) que discutem sobre o desenvolvimento humano e a educação matemática na perspectiva histórico-cultural; Garcia (1999, 2008), Gatti (2009), Misukami (2010) e Nóvoa (2009, 2017) que tratam sobre formação de professores e ciclos do desenvolvimento profissional docente, com ênfase em professores iniciantes;  Nacarato (2009, 2015), Passos (2008) e Palma (2010) que discutem a constituição profissional do professor de matemática; Campos (2009), Charlot (2006), Bogdan e Biklen (1994)  sobre a pesquisa qualitativa e Clandinin e Connelly  (2011) acerca dos estudos da pesquisa narrativa. Tendo como referência os estudos e o estado do conhecimento elaborado a partir das pesquisas de teses e dissertações que abordaram a  iniciação docente, definimos os critérios de seleção dos participantes, quais sejam: cinco professores principiantes com até cinco anos de atuação na docência, egressos do curso de Pedagogia da Universidade Federal de Mato Grosso, atuantes nos anos iniciais da rede pública de ensino e aprovados nos últimos concursos públicos da rede municipal e estadual de ensino de Cuiabá, realizados em 2015 e 2017. O procedimento adotado para localizar os possíveis participantes será a pesquisa no diário oficial dos nomes dos profissionais empossados, e em seguida, o contato com os docentes será estabelecido para a apresentação do projeto, e caso atendam aos critérios, o convite para a participação na pesquisa será oficializado. Para compreender os sentidos que os professores iniciantes atribuem aos processos de ensinar e aprender matemática optamos pela pesquisa narrativa como caminho metodológico, instrumentalizada por entrevistas em profundidade com os participantes e o diário de campo da pesquisadora. A análise será realizada numa perspectiva qualitativa interpretativa dos dados. A pesquisa está na etapa de seleção dos participantes, portanto, no início da produção de dados. Destacamos que a pesquisa pode contribuir para a compreensão dos desafios e aprendizagens dos primeiros anos de atuação docente, especificamente, no que se refere ao ensino da matemática, a formação inicial, bem como para a discussão da formação contínua, tão  necessária para que os professores iniciantes se sintam mais confiantes e desenvolvam aulas que efetivamente possibilitem a aprendizagem  de seus alunos.

Palavras-chave


Educação Matemática; Professores Iniciantes; Anos Iniciais;