Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
A paisagem cultural da comunidade Coxipó do Ouro em Cuiabá–MT
Daril Domingos Motta

Última alteração: 10-10-19

Resumo


A Paisagem Cultural perpassa a morfologia do local; ela é observada em todos os aspectos e (re)significados que seus habitantes (re)produziram como forma de sustento ou, ainda, ao tornar-se manifestação do modo de viver dessa comunidade. No Coxipó do Ouro elementos da paisagem natural se fazem presente. Consolidado no vale do Rio Coxipó do Ouro as formações morfológicas se apresentam de forma exuberantes: ruínas de uma antiga e importante fábrica de pólvoras; a Igreja barroca, palco de muitas festas de santos; o Siriri presente nas brincadeiras de rodas das crianças, e a escola local com uma representatividade e atuação para a vida social, construindo o cenário da paisagem cultural da comunidade. A partir das definições de cultura e de paisagem em separadas, para depois abordar em conjunto a Paisagem Cultural, nossa metodologia foi pautada na pesquisa bibliográfica de instrumentos diversos, dentre os quais, teses e dissertações produzidas por pesquisadores da região, bem como na pesquisa de campo, fundamental para esse estudo. Os resultados que encontramos foram de uma região com grande envolvimento social e dinâmico com essa paisagem cultural enraizada. Expressa na vivência e na cotidianidade da comunidade, na participação nas festas, na organização da vida em torno da escola e de pequenos produtores rurais que tiram seu sustento e de sua família de áreas de pequeno porte. Os autores Almeida (2012), ANDREOTTI (2013), CLAVAL (2007), SAUER (1925) forneceram base estruturante para analisar e entender sobre as transformações ocorridas.

Palavras-chave


GEOGRAFIA CULTURAL; COXIPÓ DO OURO; CUIABÁ