Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
Sorção e dessorção de agrotóxicos em solos arenosos enriquecidos por subprodutos da agroindústria.
Vandir Moraes Soares, Ricardo Santos Silva Amorim

Última alteração: 10-10-19

Resumo


Com o aumento das áreas de produção agrícolas, ocorrem o aumento de pontos susceptíveis a contaminações do meio ambiente por agrotóxicos, principalmente em solos com problemas de retenção de água e baixa capacidade de troca. Com isto, o uso do biocarvão apresenta uma alternativa promissora para remediação destas contaminações por meio da sua capacidade de sorção das moléculas de agrotóxico e melhorias de outras características do solo. Assim o objetivo desta pesquisa é avaliar a capacidade dos resíduos das agroindústrias in natura e pirolisados (biocarvão) em reduzir a lixiviação de pesticidas em solos arenosos (Neossolos Quartzarênicos), altamente susceptíveis a contaminações. O biocarvão será oriundo de dois subprodutos da agroindústria (casquinha de algodão e dejeto sólido de suíno), serão caracterizados de acordo com sua composição química e física, a dose dos subprodutos in natura e biocarvão serão definidos através de equivalência gravimétrica. As moléculas de agrotóxicos que serão utilizadas: s-metolacloro, sulfentrazone, clorimuron, todos herbicidas pré-emergentes. O solo coletado é de uma área livre de contaminantes de Neossolo Quartzarênico, a incubação do solo ao biocarvão será a 0,25% do peso de solo, os subprodutos em equivalentes gravimétrico do respectivo subproduto e aplicação dos herbicidas serão nas doses recomenda pelos fabricantes em colunas de PVC. Análises por espectrometria de absorção atômica, que analisará o remanescente em solução dos herbicidas, através da diferença do aplicado será determinado o sorvido pela amostra, com a mesma amostra após a sorção, será analisado uma nova solução adicionada a amostra para a dessorção e serão ajustadas para isotermas de Langmuir e Freundlich para determinação dos coeficientes. Os resultados esperados são que o biocarvão tenham valores de adsorção superiores quando comparados com os subprodutos in natura e que todos os tratamentos apresentam aprimoramento quando comparados a testemunha, os biocarvões se apresentarem como bons remediadores das contaminações de solo e água em solos arenosos, dado a sua característica de porosidade e CTC.


Palavras-chave


biocarvão; agrotóxicos; solos arenosos