Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
DESCRIÇÃO E CARACTERIZAÇÃO FACIOLÓGICAS, E ESTUDOS DE DOS CONTROLES DA MINERALIZAÇÕES SECUNDÁRIAS DE PEIXOTO DE AZEVEDO E MATUPÁ.
Flávio Rafael Cogo Ramos

Última alteração: 09-10-19

Resumo


Um placer é depósito secundário detrítico de importância economica, passada ou presente, de idade Fanerozóica dentro de uma característica geomorfológica pela qual ele pode ser classificado (eluvionar, aluvionar,coluvionar, marinho). Seus constituintes minerais de maior densidade são concentrados pela ação de um meio de transporte, quase invariavelmente água. A formação de um depósito secundario ocorre por 3 fatores: alguma forma de evento tectonico, mudança climática e mudança no nível de base (ou nível do mar).A região estudada está inserida no Craton Amazônico, que é uma antiga característica geológica da era arqueana / proterozóica que determinou o caráter dos sistemas fluviais na Amazônia durante a maior parte de seu passado. Esta situação mudou durante o Cenozóico, quando a elevação dos Andes reformulou os padrões de relevo e drenagem do norte da América do Sul.Cada uns dos fatores de formação de um placer influenciou ou ainda determinam a geração deste depósitos secundários na área estudada. Saber como a variação dos fatores de formação de um placer estão presentes nos placer de Peixoto é determinante. Visto que há interesse economico na região. A ação destes fatores refletem nas concentraçoes de ouro em cada camada do depósito secundário, quantas camadas mineralizadas existem, quais camadas são mineralizadas com ouro, e na morfocospia dos grãos de minério.Com os objetivos de reconhecer e detalhar os depósitos secundarios, reconhecendo controles e parâmetros e ferramentas de reconhecimento e prospecção dos mesmos, com enfase nos níveis mineralizados, propõe-se a utilização da caracterização granulometrica e morfocospica das partículas de minérios nos diferentes níveis ocorrente nas frentes de lavra e a identificação de padrões de resposta a ferramentas de aerogeofisica visando a reconstituição dos sistemas deposicionais e processos de formação dos referidos depósitos secundários e ao aprimoramento de técnicas de prospecção regional dos mesmos.Para tal serão feitos reconhecimentos de frentes de lavras de placers em campo; levantamentos de seções verticais; perfis de correlação lateral em afloramento com sobreposiçao de fotos identificando geometria e relações internas e extrernas; reconhecimento de superfícies chaves e direçoes de fluxos; identificação de pacotes mineralizados dentro da associação de fácies; amostragem da frente da frente de lavra e outras etapas do processamento de minérios; e tratamento das amostra em laboratório do minerio para caracterizacao quantitativa e qualitativa. Espera-se que com estas informações adquiridas sejam suficientes para o entendimento do comportamento hidrodinamico das partículas, correlação local das diferentes associacao de fácies da frente de lavra. Assim visando um aprimoramento de técnicas de recuperação do minério. E também um melhor entendimento das mudanças climaticas, tectonicas e de níveis de base influenciadoras na formação deste depósitos. Por outro lado a identificação de padrões de resposta geofísica ira contribuir para a identificação de novas ocorrências e no entendimento da distribuição regional destes depositos.



Palavras-chave


placers, depositos secundários