Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
EFEITO DE 12 SEMANAS DE TREINAMENTO DE FORÇA EM IDOSAS NO DESEMPENHO DO TUG
Leticia Soares Reis, Kamila Laet Moreira, Silvia Ribeiro Santos Araújo Araújo

Última alteração: 04-10-19

Resumo


No processo de envelhecimento ocorre uma série de mudanças fisiológicas e neurológicas que ocasionam a diminuição das capacidades físicas, essas mudanças por sua vez, determinam a capacidade de produzir força influenciando diretamente no desempenho das atividades da vida diária dos idosos. Nesse sentido, o treinamento com Método Pilates tem ganhado grande relevância, vem sendo procurado de jovens à idosos, com patologias ou sem com objetivos de reabilitação, melhora da postura, flexibilidade, força muscular, estética, condicionamento física, dentre outros. Para minimizar os efeitos do envelhecimento, em relação aos níveis de força, potência muscular, resistência de força e equilíbrio, recomenda-se o método Pilates para a prevenção de risco de quedas em idosos. O objetivo do presente estudo é verificar o efeito de 12 semanas de treinamento do método Pilates perante a influência das variações assimétricas de força dos membros inferiores. As voluntárias realizaram o teste de velocidade, teste de agilidade, teste de velocidade em subir escadas e também responderam o questionário de Escala de Eficácia de Quedas Internacional Brasil (FES- I - BRASIL), para analisar o medo de cair, para as análises estatísticas será utilizado a análise de ANOVA. Nos interessa, por fim, pesquisar se o método Pilates sendo um instrumento preventivo, pode promover fortalecimento muscular, a melhora no equilíbrio e na postura, no controle motor e na consciência corporal na prevenção de quedas e, consequentemente, de fraturas com menor risco de lesão musculo-articular, já que o método pode ser em uma ferramenta valiosa para a abordagem da saúde óssea, particularmente em idosos. Sendo assim, baseado no método Pilates, para investigar se as Variáveis Assimétricas são modificadas durante e após o treinamento com Método Pilates em idosas, no qual poderia surtir efeitos sobre a capacidade funcional, a qualidade de vida, sem os riscos inerentes a outros tipos de exercícios.


Palavras-chave


PILATES; DESEMPENHO; IDOSAS.