Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
A COMPLEXIDADE DA MEMÓRIA COMO PROBLEMA FILOSÓFICO
Matheus Vinícius Cavalcante

Última alteração: 08-10-19

Resumo


A presente pesquisa tem por objetivo, a partir das atuais discussões em Filosofia da Memória, propor questionamentos às teorias mais tradicionais acerca da memória episódica, que são: a Teoria Causal da Memória e o representativismo. Para isso, será verificado (i) se todos os casos que aparentam ser falhas de memória são realmente falhas, ou se correspondem ao funcionamento padrão da memória; (ii) se a memória possui conteúdo híbrido, abarcando estados mentais como a imaginação; (iii) se a Teoria Causal da Memória e o representativismo resistem aos questionamentos suscitados por conteúdos híbridos. Por fim, se verá que as novas perspectivas de memória colocam sérios problemas nas teorias tradicionais da memória, exigindo análises conceituais mais aprofundadas.

Palavras-chave


Memória episódica; novas teorias, conteúdos híbridos