Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
PREVALÊNCIA DE INFECÇÃO URINÁRIA EM PESSOAS COM DEFICIÊNCIA FÍSICA NO ENSAIO DE PESQUISA CLINICA
Ramirie Nunes Cavalcante, Ruberlei Godinho Oliveira

Última alteração: 04-10-19

Resumo


Introdução: Pessoas com vários graus de deficiência principalmente aquelas que necessitam de cadeira de rodas (PCD-CR)ou meio auxiliarpara locomoção cmo ortes protes bengala ou moletas  tem grandes chances de desenvolver diversas patologias entre elas episódios crônicos de infecção urinária. Devevidoos PCD CR, permanecerem constantemente sentados, provocando assim dificuldades no controle da urina e intestino. E com o exercício físico em basquete em cadeira de rodas (BCR) pode melhoras a função renal  que favorece o  esvaziamento dessa porção de urina devido a esses movimentos  de troncos e membros superiores por esse exercício físico.

Objetivos: Analisar a ocorrência de infecção urinária e análise laboratorial da função renal em PCD-CR. Métodos: Estudo experimental com 40 indivíduos do sexo masculino. Foram feitas coletas de urina em 2 potes um sendo para elementos e sedimentos anormais (EAS) e outro para a urocultura com antibiograma a analise será feita no laboratório do Hospital Universitário Julio Miller, espera se que os resultados  Considerando a grande prevalência, as bactérias são os principais agentes etiológicos da ITU, sendo os mais prováveis Escherichia coli, Pseudomonas aeruginosa, Enterococcus faecalis, enterobactérias Espera-se avaliar as funções renais desses participantes e a prevalência das infecções reincidentes.  O estudo tem o propósito de avaliar as condições da utilização da sonda de alivio assim promovendo a saúde, socialização, melhorar a qualidade de vida e reduzir os fatores de risco para infecção urinária em PCD-motora.

Palavras-chaves:pessoas com deficiência física, infecção urinaria, medicina desportiva, qualidade de vida.

 

 

 


Palavras-chave


pessoas com deficiência física, infecção urinaria, medicina desportiva, qualidade de vida.