Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
Revisão taxonômica do gênero Deltochilum Eschscholtz 1822 subgênero Deltohyboma Lane 1946 (Coleoptera: Scabarabaeidae: Scarabaeinae)
Fabio Arturo González Alvarado, Fernando Vaz-de-Mello

Última alteração: 08-10-19

Resumo


Os besouros (ordem Coleoptera) da subfamília Scarabaeinae são conhecidos como rola-bostas, pelo comportamento que têm algumas espécies de rolar excremento. A maioria destes besouros usam o excremento de mamíferos para sua alimentação e nidificação, porém, podem também usar outro tipo de matéria orgânica em decomposição como carcaças de animais ou fungos. Atualmente a subfamília está dividida em 12 tribos. À tribo Deltochilini (com 22 gêneros) distribuída no novo mundo, pertencem dois gêneros megadiversos, Canthon e Deltochilum, que contêm mais de 80% das espécies da tribo. As espécies do gênero Deltochilum (108), estão principalmente associadas a florestas conservadas e a maioria delas são consideradas necrófagas. Este gênero, com oito subgêneros válidos, é considerado heterogêneo e complexo, e vários autores têm considerado necessária sua revisão taxonômica.

A revisão de Deltochilum, foi iniciada em 2009 e atualmente três subgêneros já foram revisados, dois estão em revisão, dois são monotípicos, e a revisão taxonômica do subgênero mais diverso, Deltohyboma, com cerca do 40% das espécies (42) do gênero, é o objetivo deste trabalho. A revisão deste subgênero será baseada na revisão de exemplares preservados em varias coleções biológicas e na revisão dos exemplares tipo das espécies descritas; se realizará um estudo da morfologia externa e da genitália dos machos em busca de caracteres com os quais se possam testar as hipóteses (espécies e sinonímias) propostas por outros autores e gerar novas hipóteses, i.e. novas espécies, novas sinonímias, e revalidação de espécies. Se apresentará um tratamento taxonômico com: descrições, redescrições, citações biobibliográficas, diagnoses, sinonímias (caso hajam), espécimes examinados (tipos e não tipos) com todos os dados de coleta, coleções onde estão os exemplares examinados, variação morfológica, distribuição geográfica e comentários taxonômicos, nomenclaturais e/ou geográficos para cada uma das espécies, assim como uma ou várias chaves dicotômicas para a separação das espécies.

Neste documento se apresentam os avanços desta revisão. Foram revisados 4100 espécimes, de 153 espécies, 106 das quais são novas. Se descreve um novo gênero, Atlantemolanum para conter duas espécies, previamente descritas no gênero Deltochilum. Se propõem três grupos de espécies (irroratum, aequinoctiale e submetallicum) dentro de Deltohyboma, se apresentam diagnoses e uma chave dicotômica para a identificação dos grupos de espécies. Também se propõem sete complexos de espécies para o grupo submetallicum, se apresentam chaves dicotômicas para os complexos, e chaves para as espécies de cada complexo.