Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, XI Mostra da Pós-Graduação

Tamanho da fonte: 
“SEM MÚSICA A VIDA SERIA UM ERRO”: A MÚSICA COMO POSSIBILIDADE DO FILOSOFAR EM SALA DE AULA.
Deyvison Ronny da Silva Lopes

Última alteração: 11-10-19

Resumo


O presente texto trás algumas informações preliminares de uma pesquisa realizada no Programa de Pós Graduação em Filosofia – Mestrado Profissional e tem por objetivo propor um modo de ensinar Filosofia no Ensino Médio por meio da música. A Música em sala de aula é capaz de salvar as aulas da monotonia corroborando com números menores de evasão escolar e melhores níveis de aprendizado. Poderá ainda facilitar o acesso à cultura musical do país. Por fim, o que se pretende mesmo é “tocar” o estudante e por meio da Música, motivá-lo e facilitar o seu ingresso na atividade do filosofar. O ensino de Filosofia no Ensino Médio esbarra em alguns obstáculos que necessitam ser ultrapassados pelo estudante e pelo professor. Sabe-se que a linguagem filosófica apresenta algumas particularidades próprias desse modo de se fazer conhecimento. Então é necessário se pensar em estratégias para superação de tal dificuldade, partindo dessa ideia podemos pensar se é possível introduzir o conhecimento filosófico a partir da linguagem artística em particular a Música? A Música pode ser tornar uma possibilidade para ensinar Filosofia e levar os estudantes a filosofar na escola? Como suporte teórico para discutir o ensino de Filosofia utilizaremos os seguintes autores ate então, Walter Kohan (2008), Celso Favaretto (1995), Gallo (2010) E para auxiliar nas discurções sobre o ensino de Filosofia e Musica utilizamos ate então,  Aguiar (2007),  Feitosa (2004) e Meucci (2007). A pesquisa será feita a partir do estudo de caso das turmas onde será desenvolvida uma unidade didática com o tema de Introdução à Filosofia.


Palavras-chave


Ensino de Filosofia , Música e Filosofia.