Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
A POÉTICA DO OLHAR: LUCINDA PERSONA
JUDIKERLE PEREIRA DE OLIVEIRA

Última alteração: 17-10-18

Resumo


Nesta pesquisa analisamos a tessitura poética de Lucinda Persona, inquirindo sobre o procedimento pelo qual o cotidiano, um dos principais temas de sua obra, recebe uma apreciação singular. Para tanto, será utilizada a abordagem fenomenológica, por meio de que se faz possível indicar o modo de ser dos fenômenos, assinalando, a partir da materialidade dos versos, um caminho para a sua interpretação. Com isto depreende-se que a fenomenologia norteará este estudo tanto pelos conceitos, acerca da percepção do visível e do invisível, tratado por Merleau-Ponty (1999, 2003, 2004); algumas elucidações acerca da estrutura da pre-sença, à luz de Heidegger (2005a, 2005b), quanto método de análise imanente do corpus, pela teoria dos estratos, de Maria Luiza Ramos (2011). Como resultado observa-se, entre outras coisas, que o olhar poético sobre a rotina e sobre o comum, que dela é prenúncio, ressignifica o banal e torna-se uma estratégia para acessar e compreender o eu e o mundo circundante.

Palavras-chave


Poesia; Cotidiano; Percepção

Referências


HEIDEGGER, M. Ser e tempo (1927), Parte I. Tradução de Marcia Sá Cavalcante Schuback, Petrópolis: Vozes, 2005a.

______.Ser e tempo (1927), Parte  II. Tradução de Marcia Sá Cavalcante Schuback, Petrópolis: Vozes, 2005b.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Fenomenologia da percepção. Trad. Carlos Alberto Ribeiro de Moura.  2ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

______. O visível e o invisível. São Paulo: Perspectiva, 2003.

______. O olho e o espírito. Trad. Cássio de Arantes Leite. São Paulo: Cosac & Naify, 2004.

PERSONA, Lucinda Nogueira. Ser cotidiano. Rio de Janeiro: Sette Letras, 1998.

______. Sopa escaldante. Rio de Janeiro: Sette Letras, 2001.

______. Leito de Acaso. Rio de Janeiro: Sette Letras, 2004.

______. Tempo comum. Rio de Janeiro: Sette Letras, 2009.

______. Entre uma noite e outra. Cuiabá-MT: Entrelinhas, 2014.

RAMOS, Maria Luiza. Fenomenologia da Obra Literária.4. ed. rev. Belo Horizonte: Editora UFMT, 2011.