Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
AVALIAÇÃO DA INTERNACIONALIZAÇÃO DO CONHECIMENTO NOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFMT
Elaine Silva Alegre, Liliane Capilé Charbel Novais

Última alteração: 28-09-18

Resumo


Tendo em vista os Programas e as Parcerias de Cooperação Internacional firmados entres Instituições brasileiras e outras internacionais, tem sido crescente a busca de estudantes e pesquisadores brasileiros por experiências de qualificação com troca de conhecimentos, como também de discentes e docentes estrangeiros por acesso aos estudos brasileiros. Há que se refletir se essas oportunidades efetivamente são proporcionadas para além dos interesses do capitalismo e se contemplam democraticamente os diversos elementos das camadas sociais, considerando classe, raça, cor, etnia, entre outros. O objetivo geral deste estudo, é avaliar as políticas de internacionalização do conhecimento na Pós-graduação da Universidade Federal de Mato Grosso. Para alcançarmos o objetivo deste estudo, estão sendo realizados levantamentos bibliográficos acerca desta temática da pesquisa e, em outubro de 2018, serão aplicados questionários a estudantes dos cursos de Mestrado e de Doutorado da Universidade, sendo estes estrangeiros ou brasileiros que vivenciaram ou estão vivenciando a experiência mobilidade acadêmica internacional. Haverá também entrevistas com membros da Pró-reitoria de Pós-graduação e da Secretaria de Relações Internacionais da Instituição. Na primeira seção do trabalho, será apresentada a relação entre o Estado e a Educação; na segunda seção haverá uma breve exposição do arcabouço teórico sobre a internacionalização do conhecimento com o recorte da realidade brasileira. Na terceira seção serão: - identificados os modos de intercâmbios institucionais entre a comunidade acadêmica da Pós-graduação na UFMT e comunidades acadêmicas internacionais; - evidenciados os procedimentos administrativos para a mobilidade acadêmica internacional de discentes vinculados à Pós-graduação da UFMT; - elencados os requisitos do ingresso de estudantes e da colaboração de docentes advindos de outros países, junto à UFMT; - traçados os perfis dos estudantes com experiência de mobilidade acadêmica em Pós-graduação stricto sensu na Instituição. Na Conclusão, será exposta a avaliação das políticas de internacionalização do conhecimento investigadas face aos resultados obtidos. A previsão de entrega dos dados do estudo, via Relatório Final, materializado em Dissertação de Mestrado, é o segundo bimestre de 2019.

Palavras-chave


Internacionalização do Conhecimento, Pós-graduação, Políticas Públicas