Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
COINOCULAÇÃO COM BACTÉRIAS PROMOTORAS DO CRESCIMENTO DE PLANTAS EM FEIJÃO-CAUPI SOB ESTRESSE HÍDRICO
Júlio José Nonato, Tonny José Araújo da Silva, Edna Maria Bonfim-Silva

Última alteração: 23-10-18

Resumo


Grandes culturas quando levadas a campo acabam sujeitas a diversos estresses ambientais, dentre estes está o déficit hídrico, que por sua vez pode levar a elevadas perdas de produção. Visando a redução dos impactos causados pelas variações pluviométricas, a inoculação com bactérias do gênero Azospirillum pode-se apresentar como alternativa, pois as mesmas possuem capacidade de fixar N2, incitar o crescimento das raízes e produzir metabólitos benéficos aos vegetais. Objetiva-se neste coinocular A. brasilense e Bradyrhizobium sp. em feijão-caupi, e verificar o potencial destas bactérias em minimizar os efeitos do estresse hídrico. O estudo será composto por 2 experimentos a serem realizados em casa de vegetação, na área experimental da Universidade Federal de Mato Grosso, câmpus Rondonópolis. No primeiro os tratamentos serão dispostos em delineamento de blocos casualizados, com 4 tratamentos e 5 repetições, sendo os tratamentos: inoculação com Bradyrhizobium sp.; coinoculação com Bradyrhizobium sp. e A. brasilense; controle com fertilizante nitrogenado e controle absoluto. As principais variáveis analisadas serão em função das taxas de crescimento, sendo elas a taxa de produção de matéria seca, taxa de crescimento absoluto, taxa de crescimento relativo, taxa de crescimento relativo da área foliar e taxa assimilatória líquida. O segundo experimento será em delineamento de blocos ao acaso, com 4 repetições em arranjo fatorial 4x5, mantendo-se as inoculações anteriores em 5 níveis de água no solo, 40, 60, 80, 100 e 120% da capacidade de campo. Dentre as variáveis analisadas estão condutância estomática, altura de plantas, componentes produtivos, acúmulo de matéria seca, nodulação e crescimento de raiz. Também ocorrerá a quantificação da população de bactérias do solo e produção de exopolissacarídeos das estirpes presentes nos inoculantes. Os dados serão submetidos à teste de normalidade e homocedasticidade, com posterior análise de variância, teste de média de Tukey e análise de regressão, todos ao nível de 5% probabilidade.

Palavras-chave


Azospirillum brasilense; Bradyrhizobium sp.; estresse ambiental; nodulação; tensão de água no solo.