Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
AS PRÁTICAS CORPORAIS NAS ESCOLAS CONFESSIONAIS DE BARRA DO GARÇAS - MT: UMA ANÁLISE DA DÉCADA DE 1970
Rodrigo Amancio de Assis, Evando Carlos Moreira

Última alteração: 02-10-18

Resumo


A década de 1970 foi um momento que houve grande intervenção do Estado no Campo Educacional. A edição da lei 5.692/71, o Decreto 69450/71, assim como a criação da Política Nacional da Educação Física e Desportos e do Plano Nacional de Educação Física e Esporte (PNDE) lei 6.251/75, trouxeram novos rumos para as práticas corporais dentro da escola, porém pouco se sabe sobre o universo das escolas confessionais e o desenvolvimento das práticas corporais neste contexto. As escolas confessionais estão presentes em grande parte do território brasileiro, formando pessoas nos diferentes níveis de ensino, difundindo seus ensinamentos, práticas e valores cristãos. No Estado de Mato Grosso, dentre as missões religiosas mais conhecidas está a Salesiana, que se espalhou da capital aos municípios do interior, como a cidade de Barra do Garças, local onde ocorre esta pesquisa. Assim, surgiu o seguinte questionamento: como ocorreu o processo de escolarização das práticas corporais nas escolas confessionais Madre Marta Cerutti e Dom Bosco no município de Barra do Garças entre os anos de 1970 e 1979? Neste sentido, os objetivos desta pesquisa são: Investigar o processo de escolarização das práticas corporais nas escolas confessionais Dom Bosco e Madre Marta Cerutti na cidade de Barra do Garças/MT entre os anos de 1970 e 1979. Identificar a existência de alterações legais (Leis 5.692/71, 6.251/75 e o Decreto 69450/71) no que se refere as práticas corporais nas escolas supracitadas, entre outros. Esta pesquisa se caracteriza, basicamente, por ser uma pesquisa de história cultural. Na primeira fase, serão analisados: arquivos, registros, atas, fotos, vídeos, livros, periódicos, entre outras formas de registros, ou seja, quaisquer tipos de documentos que possuam informações relevantes do período compreendido entre 1970 a 1979. Também será utilizada a metodologia da história oral, permitindo que sejam ouvidos os professores e discentes das escolas pesquisadas. Como suporte teórico serão utilizados autores como: Chartier (1988), Pesavento (2013), Burke (2017), etc.


Palavras-chave


Práticas Corporais, Escolas Confessionais, história