Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
ITIQUIRA E SUAS TRANSIÇÕES ECONÔMICAS
Tiago Campos Pereira

Última alteração: 26-10-18

Resumo


Esse trabalho vem analisar as diversas dinâmicas e as transições entre os processos econômicos no município de Itiquira, (MT) buscando explicar como se deu todo processo ressaltando seus principais agentes, principalmente o que levou a tais transições nos mais diversos modos de produção, que vai desde o modo de produção extrativista, ligado ao extrativismo de minerais sobre tudo o diamante como base econômica, até os dias atuais ao qual esta ligado diretamente ao modo de produção flexível capitalista voltado principalmente ao setor agro exportador.

Abordaremos também as interações entre um modo de produção econômico e outro, principalmente os períodos de transições, buscando fazer uma inter-relação entre um processo econômico e outro levando em consideração os mais diversos agentes, que vai desde os agentes naturais condicionantes como solo, relevo e cursos d’aguas até agentes econômicos capitalistas nacional e ou internacional.

O tema  é relevante  uma vez que busca  fundamentar os investimentos em industrialização que são  realizados a longo prazo e em grande volume de recursos, pelos quais são disputados e empregados de acordo com necessidades específicas ou de ordem de interesse. É possível mencionar que a reestruturação produtiva se refere a um complexo processo de transformações dos sistemas produtivos, e esta surgiu no Brasil nas últimas décadas devido à crise do padrão fordista de produção e com a evolução da economia japonesa, viabilizando, através da flexibilização produtiva e do advento da terceirização da produção e força de trabalho, alterar os embasamentos de operação e de estrutura dos modos de produção do capital.

Uma das principais preocupações correspondente ao desenvolvimento das industrias, corresponde ao processo de surgimento, evolução e reestruturação, foco principal do presente estudo, pelo qual busca uma abordagem que ampliará o campo de conhecimento quanto as necessidades, e visões a respeito da reestruturação produtiva.

Cabe mencionar a finalidade da reestruturação produtiva que consiste em um processo plural e diverso que corresponde à compatibilização de mudanças institucionais e organizacionais nas relações de produção e de trabalho, bem como a mudança de papéis dos estados nacionais e das instituições financeiras. Assim, é relevante compreender esse processo de flexibilização do trabalho a partir do entendimento dessas mudanças a nível nacional e mundial.

A partir deste entendimento, buscar-se compreender a situação na qual esteve inserida as Indústrias Plantações Eduard Michelin e América Latina Logística que se instalou em Itiquira a primeira no ramo de extração vegetal de látex e a segunda voltada para o setor de transporte ferroviário. O trabalho busca analisar as interações entre os processos de reestruturação economcica no município de Itiquira/MT.

Além de observar as dinâmicas entre o garimpo, pecuária e agronegócio temos que destacar a importância da Michelin para a economia do município uma vez que essa chegou a ser o maior empregador do muncípio, a reestruturação produtiva da Michelin por sua vez aconteceu principalmente devido a baixa produção impactando no lucro da empresa, fazendo com que essa saísse de sena dando lugar ao agronegócio principal gerador de capital.

Palavras-chave, Reestruturação, Itiquira, Garimpo, Econômicos, Município, Michelin, transição, Agricultura, Pecuária


Palavras-chave


Reestruturação, Itiquira, Garimpo, Econômicos, Município, Michelin, transição, Agricultura, Pecuária

Referências


LIMA, Eder Carlos dos Santos. Empresa Michelin no sul do Mato Grosso: experiências, conquistas e redirecionamentos. TCC graduação. Rondonópolis: UFMT, 2009.

LIMA, Paulo Henrique Silveira; Ramos, Cleilton Costa; GONSALVES, Júlia Gabriela Fernandes. As plantações Michelin Bahia (PMB): um grande complexo industrial integrado à produção agrícola: exemplo de sujeição da renda da terra ao capital monopolista. II Simpósio Internacional de Geografia Agrária Jornada Ariovaldo Umbelino de Oliveira , Presidente Prudente, 11 a 15 de novembro de 2005.

MARQUES, Manoel Dourado. História do município de Itiquira. Rondonópolis: gráfica União, 2004.

MONTEIRO. Jorge Luiz Gomes CRISE E REESTRUTURAÇÃO DA ECONOMIA BRASILEIRA: IMPLICAÇÕES NA ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO, DO ESPAÇO E NA AGROINDUSTRIALIZAÇÃO DO CENTRO-OESTE. Gomes. IN GEOGRAFIA de Mato Grosso no limiar do século XXI./Organizadores, aires josé Pereira, Elias da Silva, Roverto de Souza Santos; autores, Roberto de Souza santos...[et.al.].- Rondonópolis (MT): s.n.,2005 193p.