Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
Sentidos de educação em disputa na política curricular para os cursos Técnicos Integrados ao Nível Médio do IFMT de Rondonópolis (MT)
Vinicius Batista da Silva

Última alteração: 20-10-18

Resumo


Esta pesquisa está inserida na Linha de Pesquisa Formação de Professores e Políticas Públicas Educacionais do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Mato Grosso, Câmpus de Rondonópolis e tem como tema a política curricular para o Instituto Federal de Educação de Mato Grosso. As discussões pós-estruturais de currículo como prática discursiva, tal como discutem Alice Casimiro Lopes e Elizabeth Macedo, as discussões sobre o político e democracia de Chantal Mouffe  e a abordagem do ciclo de políticas de Ball, Bowe e Gold  constiuem os referenciais teórico-metodológicos delineando o estudo da política por uma base pós-estrutural. O objetivo da pesquisa é analisar as disputas para significar educação nos textos políticos do Instituto Federal de Mato Grosso, buscando problematizar a lógica da política curricular e suas implicações para o que se entende por educação, considerando a produção dos projetos pedagógicos dos cursos Técnicos Integrados ao Nível Médio para o Câmpus Rondonópolis. Neste texto de qualificação da dissertação, foram analisados documentos oficiais do MEC e do IFMT (Leis, resoluções, diretrizes, e projetos pedagógicos de cursos). Meu primeiro movimento de análise foca o texto do Projeto de Desenvolvimento Institucional (PDI) do IFMT (2014-2018), com a finalidade de identificar os significantes mais frequentes ou mais repetidos nesse documento. A escolha do PDI como ponto de partida justifica-se por ele ser, no âmbito do IFMT, o documento norteador das ações e produção das principais políticas da instituição. Outros documentos políticos serão analisados posteriormente à qualificação. No texto do PDI há uma preocupação em definir a concepção de “Ser humano, Sociedade, Cultura, Ciência, Tecnologia, Formação, Trabalho e Educação”, significantes sustentados como basilares ao projeto educativo.Também a partir da leitura dos projetos pedagógicos dos Cursos Técnicos Integrados ao Nível Médio do IFMT-Rondonópolis, é possível afirmar como o significante “formação” está sendo tratado nestes textos: diferentes sentidos de educação e formação são defendidos como demandas por uma educação de qualidade, que busco explicitar. As demandas de formação dos jovens são processadas em meio a evocação de uma certa tradição na oferta da Educação Profissional interpretada como possibilidade de manutenção de uma educação de (boa) qualidade praticada desde o antigo CEFET, mais fortemente caracterizada pelo academicismo.

Palavras-chave


Políticas de Currículo. IFMT. Educação profissional. Tradição. Qualidade.