Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
CULTIVO DE PIMENTA BIQUINHO SOB IRRIGAÇÃO E DOSES DE NITROGÊNIO NO CERRADO MATO-GROSSENSE
Juliane de Souza Beltrão, Márcio Koetz

Última alteração: 26-10-18

Resumo


O cultivo e processamento de pimentas é uma importante atividade econômica, por possibilitar ao produtor uma boa rentabilidade com áreas pouco extensas. A pimenta biquinho, pertencente ao gênero Capsicum chinense, apresenta destaque no mercado das pimentas, principalmente devido à ausência de pungência nos frutos. Porém, estudos ainda são necessários para se ter o conhecimento das técnicas ideais para seu cultivo na região do Cerrado Mato-Grossense. Neste contexto, objetivou-se estudar o efeito de lâminas de irrigação, por gotejamento, e doses de nitrogênio no cultivo da pimenta biquinho em Latossolo vermelho do Cerrado Mato-Grossense. O experimento foi realizado a campo, na área experimental da Universidade Federal de Mato Grosso, Campus de Rondonópolis, em solo classificado como Latossolo Vermelho distrófico. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com arranjo de parcelas subdivididas e quatro repetições. Os tratamentos foram compostos de 5 lâminas de irrigação (40, 60, 80, 100 e 120% da demanda da ETc) e 5 doses de nitrogênio (0, 60, 120, 180 e 240 kg ha-1), tendo como fonte a ureia, totalizando 25 tratamentos, perfazendo 100 unidades experimentais. De acordo com a análise do solo, aplicou-se calcário dolomítico para elevar a saturação por bases a 80%. As mudas foram produzidas em bandejas de poliestireno, sendo transplantadas para o campo com altura média de 7 cm, 45 dias após a semeadura. O espaçamento de plantio foi de 0,9 m entre linhas e 0,5 m entre plantas, totalizando um estande de 15 plantas por unidade experimental. Avaliou-se: massa fresca de frutos (g planta-1), produtividade de frutos (kg ha-1) e número de frutos maduros (n° planta-1). Os dados foram submetidos a análise variância e quando constatada diferença significativa, a análise de regressão, a 5% de significância, utilizando o software SISVAR. A adubação nitrogenada apresentou diferença significativa para a massa fresca dos frutos, obtendo a maior massa (929 g planta-1), com a dose de 186,84 kg ha-1 de nitrogênio. A produção de frutos por hectare, em 45 dias de colheita, apresentou diferença significativa para as doses de nitrogênio, onde a maior produtividade de 20.639,04 kg ha-1, foi obtida com a dose de 189,19 kg ha-1. As doses de nitrogênio proporcionaram diferença significativa para o número de frutos maduros por planta, sendo a dose de 139,13kg ha-1, a que proporcionou um maior número de frutos (317,75 n° planta-1). A adubação nitrogenada e o manejo da irrigação proporcionam ganhos na produtividade da pimenta biquinho, influenciando positivamente no seu desenvolvimento, quando cultivada em Latossolo Vermelho do Cerrado Mato-Grossense.


Palavras-chave


Irrigação localizada; horticultura;agricultura familiar.