Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
PRODUÇÃO ESCRITA EM MATEMÁTICA DE CRIANÇAS DO 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL: NÚMEROS E OPERAÇÕES
Alessandra Silva de Souza, Rute Cristina Domingos da Palma

Última alteração: 07-10-18

Resumo


Nesta pesquisa temos como objetivo analisar as produções escritas de alunos do 5º ano do Ensino Fundamental sobre Números e Operações. Desse modo, compreendemos que ao escrever o aluno poderá aprimorar suas percepções conhecimentos e reflexões pessoais, além disso, terá a oportunidade de observar e avaliar os caminhos que utilizou para obter suas respostas. Smole (2001) argumenta que por meio da escrita o aluno pode refletir sobre o seu próprio pensamento e ter, nesse momento, uma consciência maior sobre o que aprendeu. Para além, Buriasco (2008) ressalta que a análise da produção escrita de alunos em matemática contribui, entre outras coisas, para que o professor busque interpretar e entender as respostas apresentadas e o porquê das estratégias escolhidas. Sendo assim, pretendemos conhecer o que os alunos expressam saber sobre Números e Operações por meio de sua produção escrita, identificar as características dos erros e dos acertos dos alunos nas produções, analisar o que as crianças narram sobre suas hipóteses e estratégias ao explicar como resolvem situações problema envolvendo sistema de numeração e as operações aritméticas. A pesquisa será realizada numa escola da rede municipal de Educação de Cuiabá-MT com alunos do 5º ano do Ensino Fundamental – Segundo Ciclo. Em nossa fundamentação teórica nos reportamos a D´Ambrosio (2012), Moura (2007, 2010), Lanner de Moura (1995) a respeito da matemática no contexto escolar ao consideramos que a aprendizagem da criança ocorre na interação com seus pares e meio social, a partir da ressignificação de suas experiências e apropriação do espaço que a cerca. Sobre a produção escrita em matemática nos baseamos em Cury (2007), Buriasco (2010) e Smole (2001). Nossas considerações sobre o conceito de Números e Operações estão embasadas em Centurión (2002), Nunes (2001). A abordagem metodológica será qualitativa do tipo exploratória respaldada em Lüdke e André (2013), Gonzáles Rey (2012) e Fiorentini (2012). Como fonte de dados utilizaremos as produções escritas, as entrevistas com as crianças, bem como o diário de campo. A previsão para a produção dos dados será de aproximadamente seis meses. Portanto, a sistematização, triangulação e análise dos dados se pautarão na abordagem qualitativa e interpretativa.


Palavras-chave


Matemática. Produção escrita. Números e Operações.

Referências


CENTURION, M. Conteúdo e metodologia da matemática. Números e operações. São Paulo: Scipione, 2002.

D’AMBROSIO, Ubiratan,1932- Educação Matemática: Da teoria à prática/ Ubiratan D’ Ambrosio. 23ª ed. – Campinas, SP: Papirus, 2012.- (Coleção Perspectivas em Educação Matemática)

GONZÁLEZ REY, Fernando. Pesquisa qualitativa e subjetividade: os processos de construção da informação. (tradução Marcel Aristides Ferrada Silva)- São Paulo: Cengage Learning, 2012.

LANNER DE MOURA, A. R. A medida e a criança pré-escolar. (Tese de doutorado). Universidade Estadual de Campinas. Campinas, 1995.

LUDKE, Menga. Pesquisa em Educação: abordagens qualitativas/ Menga Lüdke, Marli E. D. A. André. [2.ed]. Rio de Janeiro: E.P.U.2013.

MENDES, I. M. Os significados do erro na práxis pedagógica da matemática nos anos iniciais de escolarização. 2007. 148f, Dissertação (Mestrado em Educação) Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação da Universidade de Brasília-UNB, Brasília-DF 2007.

MOYSÉS, L. Aplicações de Vygotsky à educação matemática. Campinas, SP: Papirus, 1997.

NAGY- SILVA, M, C. BURIASCO, R, L. A análise da Produção Escrita em Matemática: possível contribuição. In. Avaliação e educação matemática/ Regina Luzia Corio de Buriasco, org.-Recife: SBEM, 2008.

MOURA, Manoel Oriosvaldo de. Matemática na infância. In: MIGUEIS , M, da, R. AZEVEDO, M , da, G. Educação Matemática na Infância. RJ: Gailivro, 2007.

______. (org.) Atividade pedagógica na teoria Histórico-Cultural. Brasília: Liber livro, 2010.

NUNES, Terezinha; BRYANT, Peter. Crianças fazendo matemática. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

NUNES, Terezinha. Introdução à Educação Matemática: os números e as operações numéricas/ Terezinha Nunes, tânia M.M. Campos, Sandra Magina, Peter Bryan, São Paulo: Proem, 2001.

SANTOS, E, R. BURIASCO, R, L, C. Análise da produção escrita em matemática como uma estratégia de ensino: algumas considerações. Educ. Matem. Pesq., São Paulo, v.17, n.1, pp.119-136, 2015.

SMOLE, Kátia Cristina Stocco; DINIZ, Maria Ignez; Ler, escrever e resolver problemas: habilidades básicas para aprender matemática/. Porto Alegre: Artmed Editora, 2001.