Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
CULTURA ORGANIZACIONAL E POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA NO INSTITUTO FEDERAL DE MATO GROSSO (CAMPUS BELA VISTA, CUIABÁ)
Thiago André de Almeida, Yuji Gushiken

Última alteração: 04-10-18

Resumo


O trabalho em questão tem como objetivo analisar as mediações organizacionais no ambiente de trabalho no Campus Cuiabá – Bela Vista do Instituto Federal Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT) e avaliar a estruturação das ações de comunicação estratégica utilizadas pelo Campus nas suas relações com seus públicos de interesse. O trabalho utiliza fundamentações teóricas na área de Cultura, Comunicação Organizacional e Cultura Científica, visando produzir um diagnóstico da cultura organizacional no ambiente de trabalho e as estratégias utilizadas para a solidificação da imagem do IFMT/Bela Vista junto a seus públicos de interesse. Com o resultado da coleta de informações, espera-se diagnosticar potencialidades e fragilidades na dinâmica organizacional no campus. O conceito de cultura organizacional está em crescimento no mundo. No cenário das instituições federais de ensino, percebe-se a busca pela ampliação e construção de noções relativas à cultura organizacional por meio das atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão. É pertinente aqui o questionamento do propósito dessas atividades, considerando a política dos Institutos Federais e qual o impacto junto à sociedade. Parte-se do argumento de que as Instituições Federais de Ensino Superior, em especial o IFMT/Bela Vista, deve determinar sua identidade como instância de ensino e pesquisa e construir politicamente uma cultura organizacional que tenha como foco a produção de vínculos com seus distintos públicos. A proposta deste trabalho é identificar traços de cultura organizacional e analisar os processos comunicacionais desenvolvidos pelo IFMT Campus Cuiabá – Bela Vista, com base em teóricos que estudam as relações entre Comunicação e Cultura Organizacional. Em se tratando de uma Instituição Federal de Ensino, faz-se pertinente aplicar estes questionamentos no âmbito do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT). Consideramos neste aspecto a política da instituição em se firmar como referência em ensino tecnológico e no desenvolvimento de pesquisas científicas e tecnológicas. Entre ensino fundamental e profissionalizante, o IFMT/Bela Vista oferece ensino superior, na graduação e na pós-graduação stricto sensu. Em tempos de busca por significados mais profundos nas relações entre público e organizações, é vital o posicionamento organizacional das instituições de ensino. Este projeto de mestrado é desenvolvido no âmbito do Projeto de Pesquisa em Comunicação e Cidade: Interfaces Interdisciplinares (Propeq-UFMT), no Grupo de Pesquisa em Comunicação e Cidade (Citicom-UFMT) e na Linha de Pesquisa em Comunicação e Mediações Culturais do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Cultura Contemporânea da Universidade Federal de Mato Grosso (PPGECCO-FCA-UFMT).


Palavras-chave


Cultura, Comunicação, Cultura Organizacional, Comunicação Estratégica

Referências


BRASIL. Lei n. 11.892 de 29 de Dezembro de 2008. Lei de Criação da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11892.htm>. Acesso em 19 ago 2017.

BRANCO, Maria Paula P. D. C. P.. 2013. A Comunicação Organizacional Como Estratégia de Gestão. Tese (Mestrado em Ensino do 1o Ciclo do Ensino Básico – Escola Superior de Educação João de Deus, Lisboa.

BUENO, Wilson da Costa. Comunicação Empresarial: Políticas e Estratégias. 2a Ed. São Paulo: Saraiva, 2009.

INSTITUTO FEDERAL DE MATO GROSSO. Apresentação e Histórico. Disponível em:<www.ifmt.edu.br/conteudo/pagina/apresentacao-e-historico>. Acesso em 19 ago 2017.

JOHANN, Silvio Luiz; LEITE DE OLIVEIRA, Alexandre Alberto; BECKERT, Mara; MOREIRA, Vera S. L. Gestão da Mudança e Cultura Organizacional. São Paulo, SP: FGV, 2015.

KUNSCH, Margarida M. K. Comunicação Organizacional Estratégica. São Paulo, SP: Summus Editorial, 2016.

KUNSCH, Margarida M. K. Universidade e Comunicação na Edificação da Sociedade. Ipiranga, SP: Edições Loyola, 1992.

MARCHIORI, Marlene. Faces da Cultura e da Comunicação Organizacional. Vol 1. 2a Ed. São Caetano do Sul, SP: Difusão Editora, 2008.

MARCHIORI, Marlene Regina. Cultura e Comunicação Organizacional: Um Olhar Estratégico Sobre a Organização. São Caetano do Sul, SP: Difusão Editora, 2008.

MENDES, Patric. 2014. Assessoria de Comunicação: Noções Conceituais, Estrutura e Proposta de Matriz de Análise e Implementação. Monografia de Graduação (Curso de Comunicação Social – Relações Públicas) – Universidade Federal de Santa Catarina, Santa Maria.

PORTAL DO MEC. Expansão da Rede Federal. Disponível em:<www.redefederal.mec.gov.br/expansao-da-rede-federal>. Acesso em 19 ago 2017.

PORTAL DO MEC. Histórico. Disponível em:<www.redefederal.mec.gov.br/histórico>. Acesso em 19 ago 2017.

SILVA, Arthur R.; TERRA, Denise C. T.. A Expansão dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia e os Desafios na Contribuição para o Desenvolvimento Regional. Curitiba: UFPR, 2013.