Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
Análise das ideias históricas de alunos do Ensino Médio sobre o conceito substantivo Democracia
ANA PAULA RODRIGUES CARVALHO

Última alteração: 22-11-18

Resumo


O presente projeto de pesquisa propõe investigar as concepções do conceito substantivo democracia de jovens alunos do ensino médio buscando entender suas relações com a cultura histórica na qual estão inseridos e suas implicações nas tomadas de decisão na vida prática.

A escolha de trabalhar com as concepções de democracias de alunos do ensino médio se encontra vinculada a um dos principais objetivos do ensino de História: a formação de cidadãos ativos, críticos e engajados. Segundo Pedro Salazar Ugarte, a educação é uma das prerrogativas sociais para que a participação cidadão possa ser qualificada como democrática. Sendo assim, entender as concepções de democracia dos alunos e de que forma eles relacionam isso à disciplina de história parece ser uma interrogação pertinente para se pensar também os objetivos e a função social da disciplina de História.


 


Palavras-chave


Aprendizagem histórica, Democracia, Educação histórica

Referências


CHARMAZ, Kathy. A construção da teoria fundamentada: guia prático para análise qualitativa. Porto Alegre: Artmed, 2009.

FONSECA, G. Selva. Caminhos da história ensinada. Campinas, SP: Papirus, 1993.

HUNTINGTON, Samuel. La terceira ola: la democratización a finales del siglo XX. Barcelona: Ediciones Paidós, 1994.

MATTOZZI, Ivo. Una epistemología y una metodología de la historia para la didáctica. Diálogos, Maringá, v. 19, n.1, p. 57-72, 2015.

SCHMIDT, M. Auxiliadora. A Formação do professor de História e o cotidiano em sala de aula. In. BITTENCOURT, Circe. O saber histórico na sala de aula. 11 ed. São Paulo: Contexto, 2008.

SCHMIDT, Maria Auxiliadora; BARCA, Isabel; MARTINS, Estevão de Rezende. Jörn Rüsen e o ensino de história. Curitiba: UFPR, 2010.

TILLY, Charles. Democracia. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013.

UGARTE, P. Salazar. Que participação para qual democracia? In: COELHO, Vera Schattan; NOBRE, Marcos (org.). Participação e deliberação: teoria democrática e experiências institucionais no Brasil contemporâneo. São Paulo: Ed. 34, 2004.

ZAVERUCHA, Jorge. Militares e participação política no Brasil no final do séc. XX e início do séc. XXI. Revista USP, São Paulo, n.49, p. 30-39, 2001.