Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
O percurso da Educação a Distância na Universidade Federal de Mato Grosso: possibilidades e limites do seu processo de consolidação institucional
ROSEMERY CELESTE PETTER

Última alteração: 08-10-18

Resumo


Na última década a Educação a Distância (EaD) teve uma substancial expansão de cursos/vagas nas Instituições Públicas de Ensino Superior, por força de uma política do Governo Federal, viabilizada por meio do Sistema Universidade Aberta do Brasil. Essa inserção ou expansão institucional da EaD, como no caso da UFMT, levou a possibilidade de que ela saísse da condição de uma ação paralela para sua institucionalização. No plano da institucionalização, torna-se necessário que no interior da universidade a EaD seja apregoada e vivenciada continuamente, bem como sustentada e integrada à sua cultura organizacional, com o aporte do ordenamento legal interno. Isso porque, a institucionalização configura-se como um continuum de ações, que passam da informalidade e vão se estabelecendo e se aperfeiçoando de modo a se tornar formal, integrada na instituição. A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) possui uma história de pioneirismo na inserção institucional da EaD.O primeiro curso de licenciatura nessa modalidade, no país, foi idealizado e implementado pela equipe do Núcleo de Educação Aberta e a Distância (NEAD) do Instituto de Educação (IE); sendo este o lócus da EaD na instituição no período de 1995 a 2005. Em 2006, a UFMT adere ao Sistema UAB, levando a expansão interna na oferta de cursos de graduação e pós-graduação Lato Sensu para outras unidades acadêmicas. A inserção e posterior expansão da EaD na UFMT pode ter provocado alterações e/ou adequações no processo organizacional administrativo e pedagógico da instituição, com vistas a atender as peculiaridades dessa modalidade e favorecer a viabilização dos seus cursos. Esse estudo, tem como objetivo principal compreender como vem sendo constituída a organização institucional da EaD desde sua inserção na UFMT, analisando seu processo de consolidação, buscando entender sua dinâmica, limites e possibilidades. Sendo o objeto de estudo o percurso da EaD na UFMT, pretende-se desvelar as seguintes questões: como a EaD veio se constituindo desde a sua inserção na UFMT, considerando sua organização normativa, acadêmica e administrativa? Essa organização institucional da EaD, tem contribuído para a institucionalização da modalidade na UFMT? Acredita-se que este estudo possa oferecer elementos construídos no percurso da EaD na UFMT em face das iniciativas internas e de políticas de governo, de modo a revelar os contornos institucionais que ela foi adquirindo ao longo dos anos na instituição, sobretudo no que se refere à sua legitimidade, capilaridade e organicidade institucional. Este tema de pesquisa se faz relevante na medida em que ainda existem poucas teses e dissertações produzidas na área Espera-se que este estudo, possa oferecer subsídios para o aprofundamento das reflexões e debates acerca do tema. Para o desenvolvimento da investigação, optou-se pelo estudo de caso com abordagem qualitativa de pesquisa. O estudo de caso foi viabilizado em três fases: 1. definição do foco de estudo, em que foi delineado o objeto de estudo e a preparação para a pesquisa de campo, em que optou-se como instrumentos de coleta de dados a análise documental e entrevistas semiestruturadas; 2. coleta de dados ou delimitação do estudo, em que foram levantas fontes documentais oriundas da instituição, tais como, o Projeto de Desenvolvimento Institucional, resoluções, relatórios de gestão, relatórios da Comissão Própria de Avaliação e dados de oferta de cursos de graduação e pós-graduação EaD; realização de entrevistas com dezenove docentes-gestores da instituição que colaboraram e colaboram no desenvolvimento de projetos e/ou diferentes frentes de trabalho nessa modalidade na UFMT; e 3. realização da análise sistemática dos dados coletados. A pesquisa encontra-se na fase de elaboração do relatório final. A análise dos dados indica que houve esforço na instituição em desencadear ações normativas e acadêmicas institucionalizadoras da EaD. Por outro lado, fatores exógenos e endógenos à UFMT, podem ter interferido na consolidação institucional dessa modalidade.

Palavras-chave: Institucionalização. Educação a Distância. UFMT

 

 

 


Palavras-chave


Institucionalização. Educação a Distância. UFMT