Sistema de Eventos Acadêmicos da UFMT, X Mostra da Pós-Graduação: Direitos Humanos, trabalho coletivo e redes de pesquisa na Pós Graduação

Tamanho da fonte: 
ÉPOCAS E DOSES DE ADUBAÇÃO NITROGENADA EM CAPINS TROPICAIS
Dayana Aparecida de Faria, Joadil Gonçalves de Abreu, Lívia Vieira de Barros, Carlos Eduardo Avelino Cabral, Luciano da Silva Cabral, Kyron Cabral Sales

Última alteração: 23-10-18

Resumo


A adubação nitrogenada é fundamental para manutenção da produtividade das pastagens. Considerando a crescente intensificação do sistema produtivo e o aumento da demanda de nutrientes pelas forrageiras, objetivou-se definir épocas e doses de adubação nitrogenada para capins tropicais. A avaliação das épocas de adubação consistirá em dois experimentos em casa de vegetação, empregando-se delineamento inteiramente casualizado. No primeiro, já realizado, a adubação nitrogenada foi efetuada aos 0; 2; 4; 6 e 8 dias após a desfolha, utilizando-se dois capins: Brachiaria brizantha cv. Piatã e Panicum maximum cv. Quênia. No segundo experimento serão avaliados cinco capins do gênero Panicum (cultivares Mombaça, Tanzânia, Zuri, Tamani e Massai) e três do gênero Brachiaria (cultivares Marandu, Xaraés e Piatã), sendo a adubação nitrogenada realizada no dia da emissão da primeira, segunda e terceira folha expandida. Serão avaliadas características produtivas e de crescimento dos capins: massa seca de lâmina foliar (MSLF), massa seca de colmo+bainha (MSCB), massa seca do resíduo (MSRES) e massa seca da raiz (MSRAIZ). Os dados serão submetidos à análise de variância e de regressão a 5% de probabilidade. Para quantificação dos teores de carboidratos não-estruturais na base do colmo e das raízes, será empregado o método de determinação pela antrona. Na avaliação da dose de adubação nitrogenada mais adequada será utilizado o capim-marandu submetido a cinco doses (0; 25; 50; 75 e 100 kg N ha-1 corte-1) na forma de sulfato de amônio. A técnica de incubação in vitro será utilizada para determinações de produção cumulativa de gases, parâmetros cinéticos e digestibilidade ruminal. Para adubação nitrogenada no capim-piatã em função do período de desfolha verificou-se efeito (P<0,05) sobre todas as características produtivas e de crescimento, com exceção da MSRAIZ. As maiores médias para todas as variáveis foram observadas para adubação no dia da desfolha, havendo um decréscimo conforme se atrasava a aplicação do nitrogênio. No capim-quênia houve efeito da época de adubação (P<0,05) somente sobre a MSRES, sendo menor à medida que a adubação era mais tardia. Na análise de carboidratos não-estruturais, quando a aplicação do nutriente foi realizada aos 2 dias após a desfolha verificou-se um decréscimo nos teores de carboidratos solúveis e amido nas raízes, seguido de um acréscimo linear aos 4; 6 e 8 dias, para os dois capins. Foram observados maiores teores de carboidratos solúveis no sistema radicular do capim-piatã, e de amido nas raízes do capim-quênia.


Palavras-chave


Brachiaria, nitrogênio; Panicum maximum